Resumo da semana

Confira os destaques da área policial no Maranhão entre os dias 27 de junho a 1º de julho

A semana foi marcada por vários atos criminosos no estado. Um dos casos foi um feminicídio na cidade de Lagoa Grande do Maranhão.

Imirante.com

Ocorreram vários atos criminosos durante a semana em todo o estado e um dos casos foi o feminicídio em Lagoa Grande do Maranhão.
Ocorreram vários atos criminosos durante a semana em todo o estado e um dos casos foi o feminicídio em Lagoa Grande do Maranhão. (Foto: André Nadler)

MARANHÃO -  A polícia registrou vários crimes no Maranhão. Um dos casos foi o feminicídio ocorrido no último dia 27, no município de Lagoa Grande do Maranhão e teve como vítima Stephane da Conceição Oliveira, de 18 anos. O suspeito desse crime foi preso e conduzido para o presídio.

Ainda houve a explosão do carro-forte, na zona rural de Bacabal, no dia 29. Ninguém ficou ferido e o valor levado pelos criminosos não foi revelado pela polícia. Um recém-nascido morreu após ser jogado dentro de uma fossa na cidade de Timbiras. Veja o resumo da semana:

 

Segunda-feira, 27 de junho

Jovem de 18 anos é morta a tiros na cidade de Lagoa Grande do Maranhão: Stephane da Conceição Oliveira, de 18 anos, foi assassinada e o caso é investigado pela polícia como feminicídio. Um empresário dessa localidade é o principal suspeito e foi acabou sendo preso por determinação do Poder Judiciário.

Bando invade casa e mata jovem a tiros, em Imperatriz: João Batista da Silva, de 33 anos, foi morto e, segundo a polícia, por oito homens, não identificados. A Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoas investiga o crime.

 

Terça-feira, 28 de junho

Suspeito de matar travesti é preso no Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+: a prisão do suspeito foi na cidade de Raposa, Região Metropolitana de São Luís. A vítima foi Charlene e o crime ocorreu no dia 20 de fevereiro deste ano, no Jardim das Margaridas, na capital.

Suspeito de matar agente de saúde é preso na Baixada Maranhense: a polícia conseguiu prender o suspeito em Pinheiro. O crime ocorreu no último dia 27, no povoado Encantado, zona rural dessa cidade e a vítima foi identificada como Moacir de Jesus Santos.

Recém-nascido morre após ser jogado em fossa na cidade de Timbiras: a mãe da criança é uma adolescente, de 15 anos e, de acordo com a polícia, é suspeita de ter cometido o ato ilegal e se apresentou na delegacia.

 

Quarta-feira, 29 de junho

Carro-forte é atacado e explodido por bandidos na cidade de Bacabal: o veículo de transporte de valor foi abordado pelos assaltantes e não houve registro de feridos. A Superintendente de Investigações Criminais (Seic) está investigando o ato criminoso.

PF realiza operação em Coelho Neto e na capital piauiense para combater fraude no INSS: 20 mandados judiciais foram cumpridos durante o cerco policial e o esquema criminoso gerou um prejuízo em torno de R$ 2,9 milhões ao cofre público federal.

Homem é morto com tiro na cabeça dentro de bar no São Raimundo: os suspeitos estavam encapuzados. A vítima foi Francenilson Marinho, de 48 anos e o caso é investigado pela equipe da Superintendência de Homicídio e Proteção a Pessoas (SHPP).

 

Quinta-feira, 30 de junho

Cinco pessoas presas durante a operação Luz na Infância no Maranhão: o cerco policial, além do Maranhão, ainda ocorreu em 12 estados do Brasil e seis países como o objetivo de combater a pornografia infantil na internet.

Suspeito de tentativa de feminicídio é preso em Chapadinha: a vítima levou vários golpes de faca e levada para o hospital da cidade onde passou por tratamento cirúrgico.

 

Sexta-feira, 1º de julho

Conflito de faccionados resulta em morte no bairro Cidade Olímpica: Mateus de Sousa foi assassinado a tiros em plena via pública. Segundo a polícia, esse crime contou com a participação de faccionados.

Mais de 100 quilos de maconha apreendidos pela PM na cidade de Joselândia: os militares encontraram a droga em um veículo Onix e duas pessoas foram presas pelo crime de tráfico de droga.



 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.