Resumo da semana

Confira os destaques da área policial no Maranhão entre os dias 4 a 8 de abril

No decorrer da semana, a polícia registrou vários crimes no Maranhão. Uma das ocorrências foi o assassinato de um homem, no bairro Ipase de Cima, na capital e ainda houve prisão de um acusado de feminicídio, em Itapecuru-Mirim.

Imirante.com

Durante a semana houve o registro de vários crimes como feminicídio, homicídio e destruição de plantação de maconha.
Durante a semana houve o registro de vários crimes como feminicídio, homicídio e destruição de plantação de maconha. (André Nadler)

MARANHÃO - A polícia registrou ocorrências de vários crimes em todo o Estado. Entre os casos, um homicídio no bairro Ipase de Cima, em São Luís. A vítima foi morta com um golpe de faca no pescoço, segundo a polícia, desferido pela própria esposa. Também houve destruição de plantação de maconha, em Turiaçu e a prisão de um homem acusado de ter matado a esposa na frente dos filhos na cidade de Itapecuru-Mirim. Veja o resumo da semana:

 

Segunda-feira, 4 de abril

Homem é morto a facada pela própria esposa, no Ipase de Cima:  Fábio Henrique Meireles, de 52 anos, foi morto com um golpe de faca no pescoço, que de acordo com a polícia, foi desferido pela própria companheira, Ivone Meireles, de 63 anos. Ela foi presa em flagrante e apresentada na sede da SHPP, na Beira-Mar.

PM tem pistola roubada por uma dupla criminosa em plena capital: o sargento da Polícia Militar teve a arma de fogo roubada quando estava no Terminal de Integração da Cohab como ainda levaram carregadores e munições.

 

Terça-feira, 5 de abril

Jovem é morto a tiros por suspeitos que se passavam por policiais em bairros de São Luís: Thalisson Lindoso da Silva, de 19 anos, foi baleado no tórax, no bairro Santa Clara, e morreu antes de ser submetido a tratamento cirúrgico no Socorrão II. O caso é investigado pela SHPP.

Plantação de maconha é incinerada e duas espingardas são apreendidas em Turiaçu: mais de mil pés de maconha foram destruídos durante a operação Narcos-fase 2 da Polícia Civil e não houve registro de prisão dos acusados de comercializa droga.



Quarta-feira, 6 de abril

Ex-vereador de Barra do Corda é preso suspeito de estupro de vulnerável: o ex-parlamentar foi preso em cumprimento de ordem judicial e, segundo a polícia, a vítima foi abusada por um período de oito anos.

Preso suspeito de executar adolescente, de 15 anos, a tiros em praça de Santa Inês: a vítima foi Deivison Ruan Silva dos Santos e levou tiros de pistola 380. Mais duas pessoas foram baleadas e levadas para o hospital dessa cidade.

 

Quinta-feira, 7 de abril 

Submetralhadora é apreendida pela polícia em bairro de São Luís: os militares, antes de apreenderem a arma de grosso calibre, chegaram a trocar tiros com criminosos no Novo Horizonte.

Vereador é preso em Davinópolis durante operação que investiga fraudes em contas bancárias: a prisão ocorreu durante a operação Testa de Ferro e, de acordo com a polícia, o detido é suspeito de indicar pessoas dispostas a cederem suas contas bancárias para os criminosos.

Acusado de ter matado a esposa a golpes de faca é preso em Itapecuru-Mirim: o acusado foi preso em uma área de matagal e a vítima foi morta na frente dos filhos, que são menores de idade, no povoado Estopa.


Sexta-feira, 8 de abril

Criminosos instalam terror durante assalto a ônibus no bairro Angelim, em São Luís: os criminosos estavam utilizando fardas de escola e de empresa de telefonia e o alvo foi o coletivo da linha BR-135 em plena avenida Jerônimo de Albuquerque.



 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.