Cidades | Infração

Condutores se arriscam em retornos proibidos na MA-201

Condutora de um carro foi flagrada fazendo o retorno irregular, enquanto falava ao celular; segundo a Sinfra, plano de requalificação dos retornos de quadra para disciplinar o trânsito começaria ontem
Nelson Melo / O Estado17/10/2019
Condutores se arriscam em retornos proibidos na MA-201Motorista se põe em risco, reduzindo velocidade para fazer retorno irregular na MA-201 (Estrada de Ribamar) (De Jesus / O ESTADO)

Condutores estão se arriscando e colocando a vida de outros em perigo na MA-201 (Estrada de Ribamar), em vários trechos da rodovia estadual. Motociclistas e motoristas de carros foram flagrados por O Estado fazendo retornos proibidos ou irregulares, no canteiro central. As irregularidades estão sendo cometidas, principalmente, nos pontos onde o meio-fio está deteriorado. A Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) anunciou intervenções nas rodovias que interligam a Grande Ilha.

Conforme verificado por O Estado, na altura do bairro Vila Kiola, município de São José de Ribamar, um ciclista foi flagrado
atravessando a pista em um trecho do canteiro central muito desgastado, com areia já exposta. Ele saiu do sentido Forquilha/Maiobão para a direção contrária, seguindo em linha diagonal, até chegar a uma rua que dá acesso àquela comunidade. Nessa manobra, o rapaz poderia ter sido vítima de um acidente, pois os carros, motos, ônibus, vans e caminhões passam em alta velocidade.

No mesmo trecho, poucos minutos depois, o motorista de um Fiat Uno branco também se arriscou e por pouco não provocou uma colisão traseira, pois um ônibus que seguia logo atrás quase bateu no automóvel, que reduziu a velocidade para fazer a manobra irregular. O veículo entrou no mesmo pedaço danificado do meio-fio da Estrada de Ribamar, para entrar no sentido Forquilha/Maiobão. O condutor do coletivo teve de buzinar diante da irresponsabilidade do homem que conduzia o veículo.

O dono de uma borracharia localizada em frente ao local disse que aquele pedaço de calçamento foi danificado, aos poucos, por carros e motos que começaram a subir o canteiro central para fazer o retorno irregular. “Já está com dois anos isso. É direto. Ainda não vi acidente, mas não é difícil acontecer”, declarou ele.

Mais infrações
Em um semáforo localizado em fren­te ao Shopping Pátio Norte, dois motociclistas que seguiam na direção do Maiobão entraram no sentido contrário quando o sinal estava aberto. Um fez a manobra passando por ci­ma de uma parte desgastada do meio-fio, levando uma mulher na garupa. O outro fez a curva no fim do canteiro. Ambos fizeram o retorno proibido e colocaram suas vidas, e de terceiros, em perigo.

No mesmo semáforo, um carro preto, conduzido por uma mulher, fez a manobra também com o sinal verde. Ela, que ainda falava ao telefone enquanto dirigia, quase teve a traseira do veículo colidida por um caminhão, que percorria em direção ao Conjunto Maiobão.

Reclamação
O fechamento dos retornos continua sendo motivo de reclamação, tanto por condutores, como por comerciantes e pessoas que residem às margens da MA-201, em bairros como Lima Verde, Maiobão, Tijupá Queimado e Vila Kiola. Uma modificação muito contestada é aquela feita no São Raimundo, na região da Forquilha. Naquele trecho, antes da mudança, os veículos seguiam direto pela Estrada de Ribamar até chegar ao semáforo no então retorno da Forquilha.

Com a modificação, os veículos entram no conjunto São Raimundo e saem na MA-202 (Estrada da Maio­ba). Alguns fazem a conversão para percorrer a Travessa 4. “Um grande problema é o engarrafamento. Fica uma fileira de carros, ônibus, caminhões, aqui. E fica pior ainda em horário de pico, principalmente no fim da tarde”, reclamou Carlos Alles, que mora naquela região.

Requalificação dos retornos
A Sinfra informou, por meio de nota, que começaria, nesta quarta-feira, 16, uma série de intervenções nas rodovias que interligam a região metropolitana de São Luís. Neste sentido, o plano de requalificação dos retornos de quadra para disciplinar o trânsito começaria na Estrada de Ribamar. De acordo com o órgão do Governo do Estado, essas obras são uma demanda da população.

“As equipes técnicas também atuarão na Estrada da Maioba (MA-202), Estrada de Raposa (MA-203) e na MA-204, rodovia que faz a conexão desde Raposa, passando por Paço do Lumiar até São José de Ribamar. As ações contribuirão na mobilidade da Grande Ilha, dando mais fluidez ao trânsito. Além disso, a Sinfra deve realizar requalificação do pavimento, roço, capina e iluminação. As ações de manutenção acontecem também em outras regiões do Estado”, informou a nota da secretaria.

SAIBA MAIS

Código de Trânsito

De acordo com a legislação de trânsito, executar retorno em local proibido é infração gravíssima. O motorista pode ganhar sete pontos na carteira e ainda multa de R$ 191. No Artigo 206 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), diz que não é permitido executar operações de retorno em locais proibidos pela sinalização; passando por cima de calçada, passeio, ilhas, ajardinamento ou canteiros de divisões de pista de rolamento, refúgios e faixas de pedestres e nas de veículos não motorizados; nas interseções, entrando na contramão de direção da via transversal, e com prejuízo da livre circulação ou da segurança, ainda que em locais permitidos.

A operação de retorno, segundo o Anexo I do CTB, é o “movimento de inversão total de sentido da direção original de veículos”, não se confundindo com a manobra de conversão, conceituada como “movimento em ângulo, à esquerda ou à direita, de mudança da direção original do veículo”. Assim, somente estará configurada qualquer das infrações constantes do artigo 206, se o condutor tiver manobrado seu veículo de forma a inverter totalmente a sua direção (ou seja, deslocando-se no sentido oposto ao que se encontrava anteriormente).

Protestos na MA-201

Neste ano, já aconteceram algumas manifestações devido à requalificação da Estrada de Ribamar. Em fevereiro, moradores do bairro Maiobinha, em São José de Ribamar, protestaram na MA-201, por conta das mudanças no trânsito na referida rodovia estadual. Na época, eles alegaram que, com o fechamento de um retorno, os condutores precisavam ir um pouco mais adiante para fazerem a manobra de acesso àquela comunidade.

Em resposta, a Sinfra informou que a requalificação da Estrada de Ribamar foi realizada com o objetivo de melhorar a trafegabilidade na região, conforme as normas de mobilidade urbana. E que as modificações e sinalizações na rodovia foram feitas a partir de estudos técnicos. Já em março, moradores novamente interditaram a MA-201, mas, dessa vez, juntamente com taxistas.

O grupo protestou em virtude do fechamento de vários retornos, o que aumentou a distância para o acesso de motoristas ao outro sentido da rodovia. Os manifestantes, com faixas e cartazes, disseram que o governo estadual estava limitando o direito de ir e vir, prejudicando as comunidades. Em novo comunicado, a Sinfra argumentou que as medidas para reduzir a quantidade de retornos foram tomadas respeitando os critérios técnicos.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte