Pergentino Holanda

Jantar para Amândio Sousa

Mais: O último debate

PH

- Atualizada em 28/09/2022 às 11h31
O professor Doutor Amândio Sousa regressa hoje a Portugal após rápida visita a São Luís para comemorar os 86 anos de sua tia Sônia Rocha
O professor Doutor Amândio Sousa regressa hoje a Portugal após rápida visita a São Luís para comemorar os 86 anos de sua tia Sônia Rocha

Foi no restaurante Cabana do Sol, da Ponta do Farol, que toda a família Rocha – Sônia e os filhos Maria Sônia, Francisco e Luciana, o genro, a nora e os netos – reuniu-se para oferecer, ontem à noite, jantar de despedida para o Professor Doutor Amândio Sousa (sobrinho do saudoso Amândio Rocha), que está visitando São Luís e hoje regressa a Portugal.

O Dr. Amândio Sousa é de Póvoa de Varzim, mas reside atualmente na cidade de Porto, de cuja universidade é professor de oftalmologia, além de ser um dos mais renomados oftalmologistas de Portugal, especializado em cirurgia da retina e vítreo.

Ele veio a São Luís especialmente para a festa dos 86 anos de sua tia Sônia Rocha.

O último debate

Encerrado no início da madrugada desta terça-feira (28), na TV Mirante, o último debate entre candidatos a governador do Maranhão foi uma oportunidade para avaliar  o repertório e a forma como cada um se posiciona diante de temas relevantes para o Estado.

O problema é que sobraram promessas e faltou o “como”.

Governar, a julgar pelas falas de alguns dos concorrentes, é tarefa simples: basta ter vontade política, arregaçar as mangas e fazer.

Apontar falhas em áreas como a saúde e a educação é fácil, mas dizer de forma clara e consistente de onde sairá o dinheiro para resolver as pendências, nem tanto.

O que se viu, em diferentes momentos do programa, foi uma profusão de soluções reducionistas para desafios complexos, em especial entre os retardatários nas pesquisas de intenção de voto.

Flávio Andradde em São Luís

O famoso “tabacudo” segue em turnê pelo Brasil com seu show de stand up comedy “O azar é meu?”.

No dia 14 de outubro (sexta-feira) será a vez de São Luís receber o humorista Flávio Andradde para única apresentação no Teatro Arthur Azevedo, às 20h. 

Observações da vida, relatos azarados no amor, e até uma pitada de música, formam esse espetáculo onde o azar é só um pretexto para sabermos que tudo na vida pode nos fazer sorrir.

Angiologia em Porto Alegre

Especialistas maranhenses da área da medicina dedicada a doenças circulatórias, como varizes, tromboses e patologias arteriais vão cruzar o Brasil para participarem, de 13 a 15 de outubro, do Congresso Mundial da União Internacional de Angiologia, que pela primeira vez será sediado em Porto Alegre (RS).

São esperados participantes do mundo todo, com convidados de países como França, Espanha, e Itália, além de indianos, tchecos, poloneses e sérvios.

Haverá, ainda, dois eventos em paralelo: o 15º Encontro de Angiologia e Cirurgia Vascular do Conesul e o Flebo 2022 - Simpósio de Flebologia da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular no RS.

Cerca de 600 pessoas já se inscreveram. E algumas delas, de São Luís.

Angiologia...2

Ao final do congresso em Porto Alegre, o cirurgião vascular brasileiro Pedro Pablo Komlós será o primeiro brasileiro a assumir a presidência da União Internacional de Angiologia.

Fundada em 1958, a entidade tem representação em 73 países.

Reconhecido entre os pares, Komlós é preceptor da residência médica da área na Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre.

Saiba como votar

Você sabia que é possível “treinar” a votação antes do dia da eleição, como se estivesse diante da urna eletrônica?

A Justiça Eleitoral disponibiliza uma espécie de simulador virtual, com candidatos fictícios, de partidos inventados, para que qualquer pessoa possa praticar, entender como funciona o aparelho e ver como será a ordem dos votos.

Basta acessar o site tse.jus.br/hotsites/simulador-de-votação.

 

O maranhense Georgino Melo e Silva com o seu amigo desembargador João Henrique Blasi, presidente do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, na Sessão Solene em homenagem aos 15 anos de judicatura do Ministro catarinense Jorge Mussi no Tribunal da Cidadania
O maranhense Georgino Melo e Silva com o seu amigo desembargador João Henrique Blasi, presidente do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, na Sessão Solene em homenagem aos 15 anos de judicatura do Ministro catarinense Jorge Mussi no Tribunal da Cidadania

DE RELANCE

Campanha na base do grito

Os últimos dias da campanha para presidente da República no horário eleitoral lembram aquelas brigas políticas no interior em que ninguém respeita ninguém.

Os responsáveis pelo marketing das campanhas do presidente Jair Bolsonaro (PL) e do ex-presidente Lula (PT) desistiram de tentar conquistar eleitores pelos méritos dos candidatos e apostam na desqualificação recíproca do adversário.

Todas as campanhas gastam fortunas com institutos de pesquisas e fazem não só sondagens quantitativas, para saber se batem com o que dizem os veículos de comunicação, mas testes com eleitores para ver o que funciona e o que não cola na propaganda de rádio e TV.

Se optaram por esse caminho é porque devem ter elementos para acreditar que uma eleição se ganha no grito.

Campanha na base do grito...2

Ciro Gomes, que está longe de ser comparado a um monge budista, entra logo em seguida na propaganda para dizer que Lula e Bolsonaro tentam mostrar qual é o pior, sem apresentar propostas.

Simone Tebet e Soraya Thronicke vão na mesma linha, mas as pesquisas indicam que o eleitor não quer saber de ponderação e, em vez de votar a favor de um, votará contra o outro no domingo.

Quem saberia dizer, às vésperas da eleição, quais são as propostas concretas dos líderes das pesquisas para a educação? Não essa abstração que é falar em “educação pública de qualidade”, mas para mudar o perfil da escola brasileira e fazê-la inovadora, atraente para os alunos e preparatória para a vida.

Pode-se argumentar que a educação básica é de responsabilidade dos Estados e municípios, mas o MEC é (ou deveria ser) o formulador de políticas mais amplas.

É desses problemas da vida real, como a educação, que os candidatos que se classificarem para o segundo turno terão de tratar. Sem gritaria e sem usar a tática dos primatas.

Campanha na base do grito...3

Nas campanhas para governador, também não se avança nesse ponto. E isso ficou bem claro no debate de ontem à noite na TV Mirante.

Todos os candidatos têm um diagnóstico correto, de que a situação vai mal, que piorou com a pandemia, que é preciso oferecer escolas de turno integral, consertar ou reformar os prédios, melhorar a infraestrutura e valorizar os professores.

Quando se pergunta “como”, a maioria descamba para a demagogia ou fala em “diálogo”.

Diálogo é bom e necessário em qualquer governo, mas cadê as propostas concretas para preparar diretores, qualificar professores e adotar medidas que deram certo em outros Estados?

Nesse ponto, quase todas as campanhas terminam devedoras.

Roxo no lugar de verde e amarelo

O fato de as cores verde e amarelo estarem associadas à campanha do presidente Jair Bolsonaro explica a mudança nas cores do site e do aplicativo de resultados do TSE (resultados.tse.jus.br).

Agora, os resultados aparecerão em uma página branca com a moldura em dois tons de roxo e o nome dos candidatos e sua votação em preto. O percentual de votos será mostrado em um tom de roxo claro.

O aplicativo Resultados também passou de verde e amarelo para roxo. Quem já tem instalado perceberá a mudança ao atualizar.

Pedido de desculpas

Na reta final de uma campanha em que todos têm tantas certezas sobre tudo, qual é o peso de uma retratação pública, feita por alguém que atrai multidões?

Talvez você nunca tenha ouvido falar de Felipe Neto, mas ele é um fenômeno da internet, com mais de 44,5 milhões de seguidores e a bagatela de 15,7 bilhões de visualizações no YouTube.

Felipe ganhou fama ao produzir vídeos com tiradas irônicas sobre celebridades, filmes e o que mais você puder imaginar. No início, virou febre entre crianças e adolescentes. Foi o primeiro youtuber brasileiro a conquistar um milhão de inscritos. Depois, ampliou seu público e seus temas de interesse. Passou a falar, também, de política.

Pedido de desculpas...2

Felipe Neto teceu críticas duríssimas ao PT e direcionou a artilharia a Lula e à ex-presidente Dilma Rousseff, a quem atacou pessoalmente. Tornou-se alvo da fúria petista por anos. Mas o mundo dá voltas – e não é diferente na política.

Nesta semana, além de posar para fotos ao lado do candidato do PT à Presidência, em quem declarou voto, Felipe procurou Dilma para conversar. Pediu perdão, nas palavras dele, “por ter propagado o antipetismo, o discurso golpista e o ódio à esquerda”. E foi perdoado.

O que aconteceu depois, era previsto: o influenciador caiu nas graças dos antigos desafetos e atraiu a ira bolsonarista. Seus vídeos chamando Lula de “bandido” voltaram com tudo, mas ele não negou o passado: disse que pensava assim mesmo e que estava errado.

Qual será o efeito desse movimento nas urnas? Talvez nulo, porque as convicções, ao que parece, já estão formadas – seria algo como “pregar para convertidos”. Talvez nem tanto. Saberemos no próximo domingo.

 

No almoço de domingo no Petisqueira da Mamãe, Maria da Cruz e Francisco Alexandrino Barbosa foram vistos com a filha saboreando os deliciosos quitutes da casa
No almoço de domingo no Petisqueira da Mamãe, Maria da Cruz e Francisco Alexandrino Barbosa foram vistos com a filha saboreando os deliciosos quitutes da casa

Escolha de deputados e senador

Ao deparar com a urna eletrônica no próximo domingo, o eleitor não terá somente a oportunidade de escolher presidente e governador. Os três primeiros votos serão para deputado federal, deputado estadual e senador.

Os futuros deputados federais e senadores terão a responsabilidade de decidir sobre temas como a correção na tabela do Imposto de Renda, regras da Previdência Social e reforma tributária.

Já os deputados estaduais poderão opinar sobre temas de competência do Estado.

Oficina recreativa

A Companhia Barrica promove nesta quarta-feira (28), na Casa de Arte Barrica, na Madre Deus, a oficina recreativa cultural “Ciclos Festivos Maranhenses”, dentro do projeto “36 Anos Luz de Estradas, Estrelas e Encantarias”. 

O evento será marcado por palestra, recreação artística e pela exposição “Ponto de Luz”. A iniciativa é apresentada pelo Ministério do Turismo e Instituto Cultural Vale. 

Para escrever na pedra:

“A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos”. De autor desconhecido, embora a citação seja atribuída erroneamente a Charles Chaplin.

TRIVIAL VARIADO

A pouco mais de cem horas da abertura das urnas, o último debate do primeiro turno da eleição ao governo do Estado foi marcado por um confronto aberto entre os três candidatos que estão à frente das pesquisas.

Durante quase três horas, Carlos Brandão, Weverton Rocha e Edivaldo Holanda Júnior trocaram críticas e provocações no debate da TV Mirante.

Esperado, mas preocupante, saiu a regulamentação do empréstimo consignado pelo Auxílio Brasil. A modalidade de crédito estará disponível na primeira quinzena de outubro.

No assunto: pela portaria, os juros não podem ultrapassar 3,5% ao mês e a quantidade de parcelas deve ser de no máximo 24 prestações. O beneficiário poderá descontar até R$ 160 mensais.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.