Geral | Última página

Para mim, não acabou...

Thiago Bastos/De O Estado23/10/2021
Para mim, não acabou...Paulo Soares


Quando recebi uma ligação, ainda repórter de TV, do então chefe de Reportagem de O Estado do Maranhão, Daniel Matos, convidando para uma entrevista e, quem sabe, ingresso na equipe histórica do periódico, pensei comigo mesmo: “Será que vou dar conta?”.

Desde o primeiro mês, em que permaneci apenas como free esperando pela conclusão dos trâmites legais para contratação, já senti que qualquer palavra escrita e divulgada nestas páginas consagradas teriam um peso único. A partir da contratação, a sensação foi de ter chegado onde poucos colegas conseguiram.

Em cada corredor de O Estado, ainda que remodelado com sucessivas reformas, sentimos o peso de reputações como José Sarney, Bandeira Tribuzi e tantos outros que foram responsáveis pelo erguimento de um periódico que, pelo menos para mim, não acabará nunca.

E isso acontecerá por um simples fato: a credibilidade e o peso adquiridos pela marca O Estado ao longo de mais de seis décadas de história me fazem crer que o nome não sairá da cabeça dos que viveram os tempos de glória e dificuldades da empresa. Os leitores e seguidores sabem que a informação por excelência, limpa e verdadeira esteve sempre descrita nos cadernos e colocada nas edições marcantes deste jornal que, por questões comerciais, fechará os seus trabalhos.

Agradeço de coração a todos os colegas que aqui estiveram e que tive o prazer de conviver. Desde o então editor de Portos, Cezar Scanssette (responsável por ler a minha primeira matéria escrita para o jornal), passando por nomes como Daniel Matos, Ribamar Corrêa, Clóvis Cabalau, Ademir Santos, Bruna Castelo Branco, Selma Figueiredo, Ana Coaracy, Mário Reis, Eduardo Lindoso, Érica Rosa, José Ribamar Cardoso, Alfredo Menezes (que falta que faz aqui!), Carla Lima, além dos colegas repórteres que aqui estiveram e estão e ajudaram.

Além ainda claro dos repórteres fotográficos que tive a honra de conviver durante estes meus nove inesquecíveis anos de jornal, como José de Jesus, Biné Morais, Biaman Prado, Flora Dolores, Douglas Júnior, Paulo Soares, Diego Chaves e Matheus Soares. Sem falar na colaboração dos sempre prestativos motoristas, como Edivaldo, seu Antônio (grande amigo!), Daniel e tantos outros.

Claro, agradecer ainda pela possibilidade de escrever este texto a qual termino sob forte emoção e com os olhos marejados e sem qualquer constrangimento de choro citando uma frase que escutei durante todos estes anos em que passei por esta sempre forte marca de O Estado: “A busca de todo jornalista deve ser pela informação de credibilidade, com o máximo aprofundamento, em prol sempre da verdade, com o objetivo de atender ao nosso principal cliente: o leitor. E isso foi feito por todos em O Estado do Maranhão”.

Tenho certeza de que este (a) leitor (a) jamais se esquecerá de O Estado, como eu jamais esquecerei!

O Estado do Maranhão, você estará sempre no meu coração!

Obrigado!

Thiago Bastos é repórter de pautas especiais, políticas e apresentador do Liga O Estado

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte