Edital

Prefeitura começa a contratar professores temporários por conta de greve em São Luís

Edital de seletivo foi lançado para a contratação de mais de 1 mil profissionais.

Gilberto Léda/ipolítica

Professores mantêm movimento há 18 dias
Professores mantêm movimento há 18 dias (Reprodução / Rede Social)

SÃO LUÍS - A Prefeitura de São Luís lançou nesta quinta-feira (5) edital para contratação temporária, emergencial e excepcional, de professores substitutos para atuarem na rede municipal de ensino.

Os contratados devem substituir temporariamente os professores que paralisaram suas atividades, em greve que já dura mais de duas semanas.

Segundo o edital de seletivo, estão abertas 1.140 vagas no ensino fundamental, com salários de até R$ 4.652,84 (leia aqui o documento).

A contratação foi autorizada pela Justiça, em decisão confirmada nesta semana pela desembargadora Francisca Galiza, do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA). Ela também já considerou ilegal o movimento, ainda em abril.

Os grevistas exigem reajuste salarial de 17,62%. a Prefeitura de São Luís já enviou à Câmara projeto com reajuste de pouco mais de 33% para o que ganham abaixo do novo piso nacional, e está oferecendo outros 10,06 de forma linear, a todas as categorias.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.