Acidente em carvoaria

João Miguel chega a Goiânia para tratamento de queimaduras

Criança de cinco anos foi transferida de Imperatriz para a capital goiana neste sábado (17).

Imirante.com

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h15
Jatinho aeromédico que transportava João Miguel já está em Goiânia.
Jatinho aeromédico que transportava João Miguel já está em Goiânia. (Divulgação)

GOIÂNIA – O menino João Miguel, de cinco anos, que comoveu o Maranhão após sofrer queimaduras de terceiro grau na última quarta-feira (14), em uma carvoaria no município de Buriticupu, já está em Goiânia para continuar o tratamento de seus ferimentos no Hospital de Queimaduras, referência nacional na área. A criança foi transferida do Hospital Municipal Infantil de Imperatriz na noite deste sábado (17), em um jatinho aeromédico.

Antes de deixar o hospital em Imperatriz, onde recebeu os primeiros atendimentos médicos, João Miguel foi submetido a uma cirurgia durante a tarde, para amputação das pontas dos dedos. Após o procedimento, os médicos autorizaram a transferência para o Hospital de Queimaduras de Goiânia.

Leia também:

Criança tem corpo queimado em carvoaria de Buriticupu

João Miguel é transferido para hospital de queimaduras em Goiânia

Mãe de menino queimado abre conta oficial para doações

Família de João Miguel pede doações para tratar queimaduras do garoto

Criança que teve corpo queimado em carvoaria de Buriticupu continua em estado grave

De acordo com os últimos boletins médicos divulgados pelo Hospital Municipal Infantil apontam que João Miguel apresenta melhoras, mas continua em estado grave, com 60% do corpo queimado. A criança continua sedada e respirando com a ajuda de aparelhos.

Entenda o caso

João Miguel sofreu queimaduras de terceiro grau na quarta-feira (14), enquanto acompanhava o pai em uma carvoaria no povoado Sagrima, município de Buriticupu. Após correr em direção a um local em que havia um buraco coberto e fogo por baixo, a criança sofreu várias queimaduras. Pelo menos três pessoas, entre elas o pai de João Miguel, também se queimaram tentando tirar a criança do fogo.

Solidariedade

Nos últimos dias, vários moradores de Imperatriz estão comparecendo ao Hospital Infantil para fazer doações e ajudar a família de João Miguel. Com o dinheiro, os familiares estão comprando curativos especiais e pagando o transporte de quem está se revezando para ficar de prontidão no hospital, já que Buriticupu fica a 200km de Imperatriz. Familiares e amigos estão alternando nos cuidados a João Miguel, já que a mãe da criança está em estado de choque e o pai se recupera de queimaduras nos pés, que teve quando foi salvar o filho.

Doações

A mãe do menino João Miguel, agora, tem uma conta oficial para receber doações para o tratamento. Inicialmente, a família recebia as doações por meio da conta do primo do garoto, que chegamos a divulgar aqui no Imirante.com. No entanto, para dar mais segurança às pessoas que queiram colaborar com o tratamento do menino João Miguel, a família foi orientada a criar uma conta no nome da mãe ou do pai da criança. E assim foi feito.

Desde a tarde dessa sexta-feira (16), já está disponível a conta para doações ao garoto, que se encontra a UTI do Hospital Municipal Infantil de Imperatriz. Ajude:

Idenilsa Costa da Silva (mãe de João Miguel)

CPF: 640.406.073-68

Banco do Brasil

Agência: 3642-0

Conta Corrente: 35.879-7.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.