Boletim Médico

Criança que teve corpo queimado em carvoaria de Buriticupu continua em estado grave

João Miguel apresentou melhoras, mas permanece sedado; população se mobiliza e faz doações.
Imirante.com15/11/2018 às 18h52
Criança que teve corpo queimado em carvoaria de Buriticupu continua em estado graveJoão Miguel está internado no Hospital Municipal Infantil de Imperatriz. (Divulgação)

IMPERATRIZ – Após sofrer queimaduras de terceiro grau em uma carvoaria de Buriticupu, o menino João Miguel teve uma leve melhora, mas continua em estado grave, de acordo com o boletim médico divulgado pelo Hospital Municipal Infantil de Imperatriz nesta quinta-feira (15). A nota afirma que a criança está sedada, respirando com a ajuda de aparelhos e não tem previsão de transferência para outro hospital, por causa da gravidade dos ferimentos.

Leia também: Criança tem corpo queimado em carvoaria de Buriticupu

Vários moradores de Imperatriz estão comparecendo ao Hospital Infantil para fazer doações e ajudar a família de João Miguel. Com o dinheiro, os familiares estão comprando curativos especiais e pagando o transporte de quem está se revezando para ficar de prontidão no hospital, já que Buriticupu fica a 200km de Imperatriz. Familiares e amigos estão alternando nos cuidados a João Miguel, já que a mãe da criança está em estado de choque e o pai se recupera de queimaduras nos pés, que teve quando foi salvar o filho.

Saiba mais

João Miguel, de cinco anos, sofreu queimaduras de terceiro grau na quarta-feira (14), em uma carvoaria no povoado Sagrima, município de Buriticupu. Enquanto acompanhava o pai em uma área onde se faz carvão, a criança teria corrido em direção a um local onde havia um buraco coberto e fogo por baixo. Pelo menos três pessoas também se queimaram tentando tirar a criança do fogo.

O Hospital Municipal de Imperatriz informou que, apesar de o município não ter um centro especializado no tratamento de queimaduras graves, João Miguel está recebendo toda a estrutura disponível na rede municipal de saúde, que conta inclusive com cirurgião plástico.

Nas redes sociais, muitos internautas estão comovidos com a situação de João Miguel e buscando ajuda financeira, para que a criança seja encaminhada ao Hospital de Queimaduras de Goiânia (GO), referência no tratamento desse tipo de ferimento.

Internautas enviaram ao Whatsapp do Imirante.com um vídeo feito na carvoaria onde João Miguel sofreu as queimaduras. Assista:

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.