Alimentação

Comida na Mesa: segurança alimentar para milhares de maranhenses

Governo do Maranhão realiza conjunto de ações em prol da segurança alimentar da população de baixa renda em meio à pandemia.
Publipost / Governo do Maranhão04/05/2021 às 15h00
Todas os 55 Restaurantes Populares do Maranhão estão vendendo jantar por apenas R$ 1. (Foto: Divulgação / Governo do Maranhão)

MARANHÃO - Durante a pandemia do coronavírus, milhares de lares brasileiros sofrem com a insegurança alimentar. São inúmeras pessoas que têm enfrentado alguma dificuldade para ter acesso a alimentos devido à crise sanitária e econômica.

Para mitigar esse cenário que afeta todo o país, o Governo do Maranhão lançou o Plano Comida na Mesa, estratégia pensada para garantir a segurança alimentar e apoio à produção de alimentos em meio ao surto epidemiológico.

Com investimento de R$ 180 milhões, o Comida na Mesa abrange várias ações, dentre elas, a oferta de jantar ao custo de R$ 1 por refeição, nas 55 unidades de Restaurantes Populares do Maranhão. Em média, 15 mil refeições por dia no jantar estão sendo servidas em todo o Estado, com comida balanceada e a baixíssimo custo.

Para evitar aglomerações, está vedado o consumo nas instalações dos Restaurantes Populares e as refeições são entregues em embalagens descartáveis para a população.

Cestas básicas, agricultura familiar e Vale-Gás

O combate à insegurança alimentar no Maranhão durante a pandemia, mote do Plano Comida na Mesa, tem ainda como ações o apoio para compra do gás de cozinha, por meio do Programa Vale-Gás, beneficiando 115 mil famílias no Estado, além da aquisição institucional de alimentos da agricultura familiar, entrega de equipamentos em estímulo à produção e a doação de cestas básicas.

Por conta da pandemia, as refeições estão sendo entregues para consumo em casa. (Foto: Divulgação / Governo do Maranhão)

A distribuição de cestas básicas foi iniciada em março de 2020, ainda no início da crise pandêmica. Mais de um ano depois, equipes do Corpo de Bombeiros seguem com as entregas e 400 mil cestas já foram distribuídas para as famílias mais vulneráveis. Com o Plano Comida na Mesa, o Governo do Maranhão, via Sistema SAF, começou a montar mais 30 mil cestas, desta vez com produtos oriundos da agricultura familiar. Assim, o Governo pretende minimizar os impactos sociais causados pela pandemia no Estado.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.