Polícia | Crime

Um dos acusados pela morte do cabeleireiro Xexéu é preso no Amazonas

Crime ocorreu no mês de fevereiro deste ano, na residência da vítima, no bairro da Cohab; outro acusado continua foragido, e a polícia segue investigando
Ismael Araújo / O Estado 24/06/2020

SÃO LUÍS - Danilo Antônio Velaco de Assis, de 27 anos, que é suspeito de ter assassinado o homossexual e dançarino Wenyson Fernandes Miranda, o Xexéu, de 33 anos, deve ser transferido ainda neste mês para a capital maranhense. Segundo a polícia, ele foi preso no último dia 22, em Manaus, no estado do Amazonas, e ainda falta mais um envolvido nesse crime ser localizado. O corpo da vítima foi achado no dia 5 de fevereiro deste ano, em uma quitinete, no bairro da Cohab, em São Luís.

Estamos vivendo uma situação onde o senso de coletividade, a prevenção e conscientização são fundamentais. Em momentos como esse, a informação não tem preço. Por esse motivo o jornal O Estado está liberando o acesso gratuito a todo o seu conteúdo. Fique em casa e bem informado. Leia O Estado.

Já tenho cadastro

entrar

Ainda não tenho cadastro

Cadastre-se

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte