Menos arrecadação

Carlos Brandão: “Redução no ICMS vai reduzir investimentos no Maranhão”

Com a redução da alíquota, por imposição de lei federal, Estado vai perder cerca de R$ 2 bilhões em arrecadação até o fim do ano.

Clóvis Cabalau/Ipolítica

- Atualizada em 27/07/2022 às 12h52

SÃO LUÍS - Apesar de ter refletido em queda no valor da gasolina nas últimas semanas, o governador Carlos Brandão não acredita em efeito significativo no preço do combustível nas bombas. O efeito no preço, segundo o governador, “é muito pequeno, e os estados perdem muito”. “O responsável pelo valor alto nas bombas é a política dolarizada da Petrobras e não o ICMS”, afirma Brandão.

Em conversa com Imirante, o governador não desconsiderou tornar a rever a alíquota do imposto caso o Supremo Tribunal Federal dê ganho de causa aos estados que recorreram à Corte contra a lei federal que estipulou teto nacional para o ICMS.

Na entrevista, Brandão falou ainda de providências para sanar a crise no serviço de ferryboat na Baia de São Marcos e sobre movimentações políticas. Neste sábado, 30, haverá a convenção estadual do PSB para confirmar os nomes da coligação nas disputas ao governo, Senado e a vagas nos legislativos estadual e federal.

Assista acima à íntegra da entrevista.

Leia também:

Inconstitucionalidade de lei municipal de São Luís é o tema do Cartas na Mesa

STF suspende pagamento de parcelas da dívida pública do Maranhão

PSTU confirma Hertz Dias para a disputa do governo em convenção

Solidariedade confirma nesta quarta candidatura de Simplício ao governo

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.