Eleições 2022

Indefinição sobre federação afeta planos do PSB no Maranhão

Secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula (PSB), diz que indefinição sobre união entre PSB, PT, PCdoB e PV atrapalha formação de chapas proporcionais.

Clóvis Cabalau

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h10

SÃO LUÍS - A menos de um mês para deixar a Secretaria de Estado da Saúde (SES), Carlos Lula (PSB) afirma que deixará um planejamento de saúde para os próximos 20 anos no Maranhão. De olho na disputa eleitoral, Lula destaca feitos de sua gestão e reforça o discurso em defesa do SUS, uma de suas bandeiras na disputa por uma vaga na Assembleia Legislativa.

Em conversa com o Imirante, o secretário falou ainda sobre crescimento do PSB no estado; novos nomes que se filiarão ao partido; e comentou o entrave causado pela indefinição acerca de uma possível federação entre PSB, PT, PCdoB e PV.

Assista acima à íntegra da entrevista.

Leia também:

Carlos Lula critica possibilidade de rebaixar Covid-19 a endemia no Brasil

Mais um deputado anuncia saída do PcdoB do Maranhão

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.