Em Porto Franco

Travesti é encontrada morta com sinais de violência

Corpo da travesti Bruna Brasil foi encontrado por moradores do bairro Jardim Europa, no município de Porto Franco.

Imirante.com

- Atualizada em 15/04/2023 às 18h13
A travesti, que era natural do estado do Pará, tinha marca de ferimentos pelo corpo, provocados por objetos cortantes.
A travesti, que era natural do estado do Pará, tinha marca de ferimentos pelo corpo, provocados por objetos cortantes. (Foto: Reprodução)

PORTO FRANCO -  Na manhã deste sábado (15) uma travesti, identificada como Bruna Brasil, foi encontrada morta com sinais de violência. O corpo da vítima foi encontrado no bairro Jardim Europa no município de Porto Franco, interior do Estado.

Leia também:

Acusados de triplo homicídio são condenados a 42 anos de prisão; crime aconteceu em 2021 na cidade de Porto Franco

Polícia prende 12 pessoas por tráfico de drogas em Porto Franco

O corpo de Bruna Brasil foi encontrado em um matagal por moradores do bairro, que acionaram a Polícia Militar do Maranhão (PMMA). A travesti, que era natural do Estado do Pará, tinha marca de ferimentos pelo corpo, provocados por objetos cortantes.

O corpo dela foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) em Imperatriz, interior do Maranhão, onde vai passar por exames.

Em nota, a Polícia Civil do Maranhão (PC-MA) informa que assim que tomou conhecimento do caso, uma equipe da Delegacia Regional de Imperatriz foi até o local do fato, onde realizou os primeiros levantamentos.

Ainda de acordo com Polícia Civil, que equipes do ICRIM e IML também foram acionados para perícia e remoção do corpo, respectivamente. Inicialmente, o caso está sendo investigado pela Delegacia Regional de Imperatriz, que já começou a ouvir o depoimento de testemunhas e familiares da vítima, no intuito de identificar as circunstâncias do caso.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.