Investigações continuam..

Caso Pedro Ventura: mais duas pessoas são presas suspeitas de participação

Os suspeitos presos, foram Daniel Teotônio e Laércio Teotônio.

Imirante Imperatriz, com informações da TV Mirante

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h37
(Divulgação/Imirante Imperatriz)

IMPERATRIZ – Foram presos nessa quinta-feira (3), Daniel Ribeiro Teotônio e Laércio Ribeiro Teotônio, irmãos de Célia Ribeiro Teotônio, ex-mulher de Pedro Ventura. Célia, que continua presa, é apontada pela Polícia Civil como principal suspeita do assassinato do microempresário.

Pedro Ventura desapareceu no dia 21 de agosto. Ele foi visto pela última vez na casa de Célia Teotônio. Os irmãos de Célia também foram flagrados por câmeras de segurança indo à casa no dia do crime. O corpo do microempresário nunca foi encontrado.

De acordo com a polícia, os dois suspeitos presos estavam em Colinas do Maranhão. Após as prisões as investigações do caso continuam.

Entenda o caso

A polícia está acompanhando o caso do desaparecimento do microempresário Pedro Ventura, desde o início. Já foram presas algumas pessoas. No entanto, apenas a ex-esposa continua presa. No começo das investigações, a família da vítima ofereceu até recompensa para quem informasse sobre o paradeiro de Pedro.

As investigações continuaram e foi encontrado vestígios de sangue na residência do microempresário.

Leia mais

Polícia Civil investiga desaparecimento de Pedro Ventura

Família de Pedro Ventura oferece recompensa por informações seguras

Caso Pedro Ventura: polícia prende duas pessoas em Imperatriz

Caso Pedro Ventura: apreendidas duas caminhonetes

Laudos mostram sangue humano na casa de Pedro Ventura

DNA comprovará se vestígio de sangue é de Pedro Ventura

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.