Pergentino Holanda

Jantar no Bistrô Grand Cru

Mais: Natalino Salgado lança três livros

PH

No Bistrô Grand Cru
No Bistrô Grand Cru

Na Ponta d´Areia, após um agradável Jantar de boas conversas no Bistrô Grand Cru, Teresa Marques com sua mãe Ana Brandão e Karla Patrícia, que hoje está em São Paulo visitando sua filha Maria Júlia

 Jogo oito anos depois

Brasil e Croácia se enfrentam nesta sexta-feira, ao meio-dia, para definir a primeira seleção classificada às quartas da Copa do Mundo 2022.

Vale lembrar que em 2014, as duas equipes abriram o Mundial disputado em território brasileiro. Nesse jogo, Neymar comandou a amarelinha para uma vitória por 3 a 1, de virada.

O camisa 10 da Seleção é um dos poucos jogadores remanescentes daquela seleção comandada por Felipão, técnico do Penta.

São eles: Thiago Silva e Daniel Alves. O zagueiro é o capitão do Brasil desde aquele Mundial, enquanto o lateral-direito esteve nas mesmas edições, exceto na Rússia, devido à lesão.

Jogo oito anos depois…2

No confronto de abertura da Copa de 2014, na Arena Corinthians, seis croatas que hoje estão no Catar também fizeram parte daquele grupo. Luka Modric já era um dos principais atletas daquele time.

Além do camisa 10, Ivan Perisic, Marcelo Brozovic, Mateo Kovacic, Dejan Lovren e Domagoj Vida estiveram em ambos os Mundiais.

Vida, da Croácia, é único jogador desta lista que não esteve em campo no jogo de 2014, e o mesmo deve ocorrer no confronto de 2022. Os três brasileiros atuaram na ocasião, mas Daniel Alves deve ficar de fora da partida de sexta-feira

Jogadores que estavam em 2014 e agora em 2022: Brasil: Neymar, Thiago Silva e Daniel Alves. Croácia: Luka Modric, Ivan Perisic, Marcelo Brozovic, Mateo Kovacic, Dejan Lovren e Domagoj Vida.

A população de gatos em Doha

Amigo do PH que não esconde ter medo de gatos,  conta que os felinos estão por toda parte no país anfitrião da Copa do Mundo, inclusive dentro de restaurantes, shoppings e centros de treinamentos das Seleções.

Para quem não sabe, cuidar bem dos gatos é uma marca da fé em países muçulmanos, por causa do amor e respeito de Maomé pelos felinos

Reza a lenda que um dia, ao ser chamado para uma das orações diárias enquanto sua gata, Muezza, dormia sobre seu manto, Maomé preferiu cortar a manga das vestes, em vez de perturbar o felino. Quando ele retornou, ela teria retribuído o gesto curvando-se para o profeta, que respondeu acariciando suas costas três vezes.

A reverência aos gatos no Oriente

Um conto passado oralmente na tradição árabe, que provavelmente nasceu de histórias mais antigas do que o próprio islã, a passagem ajuda a explicar a reverência que os gatos contam nos países do Oriente Médio e que surpreendeu jornalistas, torcedores e jogadores ao desembarcarem em Doha, no Catar, para a Copa do Mundo.

Você chega no Catar e começa a ver gato, gato e gato. E é completamente diferente, porque eles ficam em ambientes fechados e não acontece nada. As pessoas os tratam com absoluta naturalidade.

Você está em um restaurante, tem um gatinho andando e ninguém sequer fica dizendo “olha, que bonitinho!”. É como se eles fossem pessoas, sabe? –  conta o meu amigo que está por lá assistindo ao Mundial.

O gato não chega a ser um animal sagrado, mas ele é muito respeitado.

Os seres sagrados no Catar

Os felinos têm à cultura islâmica para agradecer por esse status, uma vez que ela não apenas manteve viva tradições das civilizações egípcias e mesopotâmicas, que reverenciavam gatos desde os dias antigos, como adicionaram novas lendas que reforçam o valor destes  animais como companhia – um conto chega a afirmar que a certa altura Maomé foi salvo de uma picada fatal de cobra justamente por um gato.

“O cristianismo sempre encarou os gatos com suspeita. Ao longo dos séculos, a pobre criatura foi acusada de todos os crimes concebíveis, desde roubar o fôlego de recém-nascidos até servir como minion de Satanás”, destaca o autor Sam Stall, no livro 100 Cats Who Changed Civilization.

“O Islã, no entanto, tem a visão oposta. O gato é tão altamente estimado que é permitido até mesmo nas mesquitas”.

Os gatos já nascem livres

Além dos templos, restaurantes e shoppings, os felinos também vem desfilando como donos pelos Centros de Treinamento da Copa – inclusive da Seleção Brasileira – como o mundo descobriu na quarta-feira (7), durante a entrevista coletiva de Vinícius Jr.

Um bichano mais ousado pulou na bancada com os microfones para ficar perto do craque e precisou ser removido pelo assessor da CBF.

Dócil, como só um gato bem tratado por todos consegue ser, o felino até aceitou alguns carinhos antes de ser pego de surpresa e jogado no chão. O movimento um pouco brusco, que rendeu algumas críticas online, não foi percebido como nada demais por quem o presenciou ao vivo.

Georgino Melo e Silva e o prof. Alberto Tavares na solenidade de entrega da Medalha Fran Paxeco, da Academia Maranhense de Cultura Jurídica, Social e Política
Georgino Melo e Silva e o prof. Alberto Tavares na solenidade de entrega da Medalha Fran Paxeco, da Academia Maranhense de Cultura Jurídica, Social e Política

DE RELANCE

Revisão da vida toda no INSS

Não é uma tarefa fácil saber se vale a pena solicitar a “revisão da vida toda” no regime geral de previdência social, aprovada pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

A mudança dá a aposentados do INSS a possibilidade de usar a totalidade do período contributivo para cálculo de benefício, e não só os salários após julho de 1994.

A maioria dos interessados terá de buscar um profissional para juntar os documentos e fazer o cálculo, além de dar o encaminhamento à solicitação. Em geral, seriam advogados previdenciários ou contadores.

Pela complexidade que pode envolver, a análise inicial já costuma ser cobrada, mesmo que o pedido não ocorra.

Só falta o gol de Raphinha

A ansiedade fermenta o coração de Raphinha. Não é para menos. Contra a Coreia do Sul, ele comeu a bola, como se diz lá no campo onde ele cresceu. Foi o que mais finalizou, cinco vezes no gol, foi o que deu mais assistências para finalização, foi quem mais driblou. Uma baita atuação. Só que faltou o gol. E o gol é oxigênio para quem, desde os três anos, coloca a bola na rede.

– Confesso que estou um pouco ansioso para fazer o meu gol, cara. Tem de sair – disse Raphinha, depois do 4 a 1 na Coreia do Sul.

Há, inclusive, uma mobilização interna do grupo para tranquilizar o coração dele. Falta apenas ele, do quinteto ofensivo da Seleção Brasileira, marcar gol.

Vini Jr., na sua entrevista coletiva de ontem, tentou tranquilizar o companheiro. E arriscou:

– É normal essa ansiedade, atacante sempre quer fazer gol. O gol dele pode sair nas quartas.

Comemoração e homenagem

Na celebração dos 25 anos do reconhecimento de São Luís como Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO, no Teatro da Cidade, o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão, Edilson Baldez, foi homenageado em reconhecimento ao incentivo e parceria na conquista e manutenção do título para a capital maranhense.

“O nosso Centro Histórico é um testemunho de tradição cultural. Aqui temos um conjunto arquitetônico de valor imensurável. A FIEMA esteve e está empenhada na preservação desse patrimônio que é de todos nós e todos nós devemos cuidar dessa cidade que nos acolhe, do nosso pedaço de chão”, disse Baldez.

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide, anunciou em primeira mão o investimento na ordem de R$ 44 milhões na construção do Complexo do Trapiche Santo Ângelo, um projeto que faz parte do Programa Resgatando História.

Além disso, revelou que a capital maranhense vai ganhar o Museu do Azulejo na Rua Portugal, o primeiro do Brasil.

A Cidade dos Azulejos

Em 06 de dezembro de 1997, o Centro Histórico de São Luís foi declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO por ancorar uma tradição cultural diversificada, além de constituir um excepcional exemplo de cidade colonial portuguesa, com traçado preservado e conjunto arquitetônico representativo. 

Por se tratar de uma cidade histórica viva, pela sua própria natureza de capital, São Luís se expandiu, preservando a malha urbana do século XVII e seu conjunto arquitetônico original. 

Em toda a cidade, são cerca de quatro mil imóveis tombados: solares, sobrados, casas térreas e edificações com até quatro pavimentos. 

Características únicas, que lhe conferem valor universal excepcional e o faz integrar um seleto grupo de sítios reconhecidos em todo o globo, em conformidade com a Convenção do Patrimônio Mundial, que este ano completa 50 anos.

Os azulejos e os casarões são alguns dos traços mais simbólicos e únicos do sítio, sendo um dos maiores e mais preservados conjuntos arquitetônicos de origem portuguesa na América Latina.

 

Visita a José Sarney
Visita a José Sarney

Na visita recente que fez ao ex-presidente José Sarney, o Procurador Geral do IPEA, Ediwagner Almeida Martins, ficou impressionado com a memória, a vitalidade e a lucidez de Sarney,  do alto dos seus 92 anos

Sem greve

Um acordo entre a Prefeitura de São Luís, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET) e o Sindicato dos Rodoviários do Maranhão põe fim à greve anunciada pelos trabalhadores do transporte rodoviário.

A resolução do impasse só foi possível graças à intervenção da Prefeitura de São Luís, gestora do sistema, por meio do secretário Diego Baluz, que conduziu as negociações, garantindo, dentro de alguns dias, a liberação de recursos federais para o custeio do serviço de transporte na capital maranhense.

Recursos esses provenientes de Lei Federal para subsidiar os custos com o passe livre de idosos, que, por sua vez, também é garantido por Lei.

Museu do Solo

A Universidade Estadual do Maranhão inaugurou o Museu Dokuchaev de Solos, Minerais e Rochas.

O espaço visa apoiar as atividades de ensino, pesquisa e extensão e divulgar e popularizar a ciência dos solos, promovendo conhecimento sobre os tipos de solos do estado e suas relações ambientais, sociais e econômicas, além de proporcionar ao público o contato visual e sensorial dos solos.

A  iniciativa surgiu da necessidade de proporcionar aos estudantes o conhecimento na prática. O museu conta em seu acervo com uma coleção de rochas e minerais, uma coleção de macromonolítos e experimendoteca, como são chamados alguns experimentos que mostram, por exemplo, o comportamento da água no solo.

Livro de Euclides

O professor do curso de Comunicação Social Euclides Moreira Neto lança, durante a 15ª Feira do Livro de São Luís, em andamento até o dia 11 de dezembro, no Centro de Convenções da UFMA, mais uma obra de sua autoria: “Reminiscências do Cinema Maranhense”.

O livro reúne duas pesquisas realizadas nas décadas de 1970 e 1980 sobre a introdução do cinema em São Luís e o ciclo audiovisual local desenvolvido naquelas décadas pelos cineastas atuantes na região.

A nova obra apresenta os conteúdos dos livros “Primórdios do cinema em São Luís” e “O Cinema dos anos 70 no Maranhão”, acrescido de notas explicativas, um vasto acervo de fotos e de recortes de jornais sobre o movimento cinematográfico veiculado nos jornais locais e um Prefácio primoroso do cineasta Murilo Santos.

Natalino Salgado lança três livros

As obras “Narrativa de serviços no libertar-se o Brasil da dominação portuguesa”, “Janelas em um tempo de incertezas – Volume 1”, e “Janelas em um tempo de incertezas – Volume 2”, de autoria do reitor Natalino Salgado, serão lançadas nesta quinta-feira, no Palácio Cristo Rei, a partir das 18h.

A orelha do livro “Narrativa de serviços no libertar-se o Brasil da dominação portuguesa”, do Almirante Lord Thomas Cochrane, apresentado, organizado e com notas explicativas pelo professor titular da UFMA, médico nefrologista, escritor, imortal da Academia Maranhense de Letras e reitor Natalino Salgado, traz um texto escrito pelo vice-governador eleito e professor da UFMA, Felipe Camarão.

No texto, ele adianta que há o encontro de documentos, já inseridos nos anais da história brasileira, que é indispensável para a compreensão da série de situações relacionadas aos eventos militares marítimos em províncias do Nordeste e do Norte, então dominadas por grupos portugueses descontentes com a Proclamação da Independência, e subsequentes medidas de contenção político-administrativas tocadas por representantes da Coroa brasileira.

Para escrever na pedra:

“Sou cínico em relação a sociedade, políticos, jornais, governo. Mas não sou cínico sobre vida, amor, bondade, morte. É por isso também que não quero ser rotulado como cínico”. De John Lennon (1940 - 1980), cuja morte completa 42 anos. Compôs músicas como Imagine e Stand By Me.

TRIVIAL VARIADO

Inglaterra e Portugal chegaram entre as oito melhores seleções da Copa contando com os dois jogadores que deram mais assistências. O centroavante Harry Kane e o meia Bruno Fernandes têm, até o momento, três passes para gol cada. No Brasil, o garçom mais frequente é Vinicius Júnior, com duas assistências.

O volante Rodrigo de Paul, da Argentina, é o jogador com mais desarmes realizados até agora na Copa. Em quatro partidas, o atleta de 28 anos roubou a bola do adversário em 20 oportunidades, o que dá uma média de cinco batidas de carteira por jogo. No Brasil, o maior ladrão é Casemiro, com 13 bolas roubadas em três jogos.

O cantor maranhense Erickson Andrade está na lista de artistas locais que compõem a programação da festa da virada popular na Avenida Litorânea, a ser realizada na noite de 31 de dezembro, tendo como atração principal a cantora Taty Girl.

Tem mais: além de Erickson, da ala local estão escalados Argumento, Raiz Tribal, Fuega e Bicho Terra. O evento é organizado pelo governo estadual e foi batizado de “Réveillon do Maranhão”. A programação  acontecerá no perímetro da extensão da avenida.

Em tempo: Erickson Andrade, conhecido pelo seu alto astral, vai fazer uma mistura de ritmos e levar a sua swingueira para dar as boas-vindas ao Carnaval de 2023 no Maranhão. 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.