Pergentino Holanda

Nelson Frota é o aniversariante desta quarta

Mais: Capital Inicial em São Luís

PH

- Atualizada em 21/09/2022 às 10h45
O criador Nelson Nagem Frota é o aniversariante desta quarta-feira e passa a ser um dos novos setentões da cidade. Na foto com a esposa Chris Frota
O criador Nelson Nagem Frota é o aniversariante desta quarta-feira e passa a ser um dos novos setentões da cidade. Na foto com a esposa Chris Frota

 Chegada do 5G em São Luís

Todas as capitais brasileiras terão a tecnologia 5G até 28 de outubro. Até agora, 22 capitais receberam a tecnologia, faltando ser instalada em Macapá, Belém, Manaus, Rio Branco, Porto Velho.

A Anatel autorizou a faixa 3,5 gigahertz (GHz) do 5G em São Luís, Aracaju, Boa Vista, Campo Grande, Cuiabá, Maceió e Teresina.

A partir de janeiro, o 5G será implantado em cidades com população acima de 500 mil habitantes. Em seguida, em 30 de junho de 2023, cidades acima de 200 mil habitantes e assim sucessivamente.

O impacto está muito focado nos celulares e será possível baixar e subir dados em grande velocidade.

Apesar da expectativa, grande parte dos aparelhos usados pelos brasileiros não está apto a receber o sinal do 5G puro.

Uma saudade para sempre

A sociedade maranhense sofreu um duro golpe no começo desta semana com o falecimento de um dos mais respeitados e aplaudidos profissionais do Direito neste Estado: o advogado Pedro Américo Dias Vieira.

Advogado há 51 anos, ele era especialista em Direto Empresarial e Sócio de Dias Vieira Consultores e Advogados Associados.

Pedro Américo deixou viúva a também advogada Ana Maria Dias Vieira, ex-procuradora geral do Estado.

O enterro do ilustre maranhense, que era irmão do deputado federal Gastão Dias Vieira, foi um dos mais concorridos deste ano em São Luís.

OAB Nacional e José Sarney

Na posse da ministra Rosa Weber como presidente do Supremo Tribunal Federal, na semana passada, o presidente nacional da OAB, Beto Simonetti, saudou a advocacia nacional em nome do ex-presidente José Sarney.

“Ele é uma das pessoas mais relevantes da redemocratização e da luta por direitos no país, exemplo para os advogados que sempre estiveram na linha de frente da defesa da democracia., afirmou Simonetti.

Título eleitoral

A eleitora ou o eleitor que perdeu ou teve extraviado seu título eleitoral tem até esta quinta-feira (22), dez dias antes do primeiro turno do pleito, para solicitar a segunda via do documento no cartório eleitoral da zona onde tem cadastro. A previsão consta do artigo 52 do Código Eleitoral.

Para a emissão da segunda via do título, o eleitor deve estar quite com a Justiça Eleitoral, ou seja, não poderá ter débitos pendentes como multas por ausência às urnas ou aos trabalhos eleitorais (como o de mesário) ou ainda multas em razão de violação de dispositivos do Código Eleitoral, da Lei das Eleições e de leis conexas.

Uma novidade para o pleito deste ano é que, se a eleitora ou o eleitor estiver em situação regular na Justiça Eleitoral, poderá imprimir o título diretamente na ferramenta Autoatendimento do Eleitor, no Portal do TSE na internet, no campo “Imprimir o título eleitoral”.

Digitalização de documentos

O Arquivo do Tribunal de Justiça do Estado guarda um pedaço da história do Maranhão. Agora, os cerca de 60 mil documentos, que estão acondicionados em pastas-arquivo no local, estão sendo digitalizados e, em breve, serão disponibilizados para consulta pública.

De acordo com o coordenador de Arquivo e Gestão Documental do TJMA, Christofferson Melo, nem tudo poderá ser digitalizado em razão do estado físico de alguns documentos.

A documentação, de natureza histórica e que estava dispersa por todo o estado, passou a ser centralizada em São Luís desde o ano 2009.

Um levantamento preliminar de toda a documentação do acervo identificou materiais em 36 fundos ou comarcas, incluindo no Pará, Piauí e Ceará.

Pesquisa científica

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações informou que vai investir R$ 3 milhões em projetos de pesquisa científica sobre a varíola dos macacos. O recurso foi liberado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

Os projetos envolverão linhas de pesquisa sobre vacinas, avaliação do status imunológico da população, testes de antígeno viral para sorologia, avaliação de cepas em circulação no Brasil e o monitoramento do comportamento do vírus em animais silvestres e domésticos.

As pesquisas devem ser concluídas no prazo de 24 meses.

 

Margarida Gomes Pinto reunida no Hotel Blue Tree São Luís com os filhos  Eduardo, Marco Aurélio, Orlando, Alexandre e Renato (de pé) e as filhas Maristela e Patrícia (sentadas)
Margarida Gomes Pinto reunida no Hotel Blue Tree São Luís com os filhos  Eduardo, Marco Aurélio, Orlando, Alexandre e Renato (de pé) e as filhas Maristela e Patrícia (sentadas)

Uma volta às orígens

A maranhense Margarida Gomes Pinto, de Presidente Dutra, radicada há mais de meio século em Aracaju (Sergipe), veio ao Maranhão comemorar a nova idade do filho, médico cirurgião de grande prestígio no sertão maranhense e líder político Orlando Pinto Filho, que reside na cidade natal de sua mãe.

Orlando aniversariou na última segunda-feira e comemorou a data com jantar no Restaurante Oito, do hotel Blue Tree São Luis, onde toda a família está hospedada.

Margarida veio acompanhada dos outros seis filhos, todos médicos especializados em Medicina do Trabalho: Maristela, Marco Aurélio, Eduardo, Patrícia, Renato e Alexandre.

Setembro Amarelo

Com o objetivo de promover o debate para evitar o suicídio e conscientizar os servidores do Ministério Público do Maranhão, em Timon, foi realizada a “Blitz de Conscientização do Setembro Amarelo”. A atividade foi coordenada pelo titular da 4ª Promotoria de Justiça Especializada, Antonio Borges Nunes Junior.

Dentro da programação alusiva ao Setembro Amarelo foram realizadas dinâmicas de grupo com os servidores do MPMA. Além disso, a psicóloga das Promotorias de Justiça de Timon, Marivete Oliveira, ministrou uma palestra indicando formas para identificar e prevenir o suicídio.

Durante todo o mês de setembro, a 4ª Promotoria de Justiça vem fazendo reuniões com a sociedade civil e gestores municipais das áreas de saúde e de educação abordando a temática.

No mesmo sentido, o Ministério Público está em tratativa para fomentar a elaboração de uma lei municipal que vai instituir a “Política Municipal de Combate à Automutilação e ao Suicídio” e criar uma rede municipal de prevenção ao suicídio.

Qual o valor da multa por não votar?

A Constituição Brasileira de 1988 atesta que o voto é obrigatório para todos os cidadãos brasileiros maiores de 18 anos e menores de 70.

Eleitores que não puderem comparecer ao pleito no primeiro ou segundo turno deverão justificar a ausência, seja por meio de site, aplicativo ou presencialmente.

Em caso de não justificar a ausência, o eleitor ficará em débito com a Justiça Eleitoral e sofrerá sanções, penalidades e a aplicação de uma multa, que pode variar entre 3% a 10% do valor de 33,02 UFRIs (Unidade Fiscal de Referência).

Assim, a quantia desembolsada será entre R$ 1,05 e R$ 3,51.

DE RELANCE

Criatividade para escolher o nome

Apelidos curiosos são usados como estratégia por diferentes candidatos. Há quem escolha um apelido e quem invista em uma composição engraçada. Alguns apostam em suas profissões ou em homenagens a artistas e personagens. Independentemente da estratégia, a criatividade rola solta quando o assunto é o nome dos candidatos nas disputas eleitorais.

Em todos os pleitos, basta uma rápida conferência no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ou nas propagandas de rádio e TV para se deparar com algumas pérolas – e neste ano não seria diferente.

Criatividade para escolher o nome...2

Na disputa estão figuras como John Elvis, Ninja Motoboy, O Homem do Caminhão e Prettu do Ferro Velho, entre outros

De acordo com especialistas, esse fenômeno dos nomes pitorescos que se repete em todas as eleições é um recurso para tentar chamar a atenção dos eleitores e, assim, conseguir votos.

É mais comum entre os possíveis deputados justamente devido ao número de concorrentes: neste ano – somente no Maranhão, são mais de 300 candidaturas para a Câmara dos Deputados e mais de 500 para a Assembleia Legislativa, conforme dados do TSE.

Paródia ou usurpação de direitos?

“Você sabe o que é que um deputado faz? Vote em mim que depois te conto”. Foi este o bordão que o palhaço (de verdade) Francisco Everardo Tiririca Oliveira, o Tiririca, usou em 2010 quando apresentou-se como candidato a deputado federal por São Paulo.

Bombou. Nas urnas, fenômeno, 1 milhão e 350 mil votos. Ele não cumpriu a palavra, não contou o que um deputado faz, mas voltou em 2014. Caiu um pouco, mas de novo goleou: 1 milhão e 134 mil votos. Em 2018 de novo voltou, mas a votação caiu bem para 445.521, ainda boa, mas minguada.

É a partir daí que o palhaço vira polêmica. Lembra aquela música de Roberto Carlos, O portão? Ela diz: “Eu voltei, voltei para ficar/Porque aqui, aqui é o meu lugar”. Tiririca alterou a letra e jogou:  “Eu votei, de novo vou votar/Tiririca Brasília é seu lugar”.

Paródia ou usurpação de direitos?...2

Em 2018 a produtora de Roberto Carlos entrou na justiça e incrivelmente Tiririca se saiu bem. A decisão considerou que a peça era uma paródia. E abriu a discussão no meio artístico: está certo isso?

Tiririca se empolgou, na campanha deste ano, quando tenta o quarto mandato, de novo usou a estratégia, mas agora foi o próprio Roberto Carlos quem entrou na Justiça acusando o palhaço de estar usando a sua música como jingle.

E é paródia ou usurpação de direitos?

Ontem, o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), arquivou o pedido de Roberto Carlos contra Tiririca (PL-SP).

A repercussão da ação Rei só vai beneficiar Tiririca em uma propaganda eleitoral.

 

Uma das mais charmosas e alegres aniversariantes desta quarta-feira é Rosário Saldanha, que vai comemorar a data na intimidade da família
Uma das mais charmosas e alegres aniversariantes desta quarta-feira é Rosário Saldanha, que vai comemorar a data na intimidade da família

Pagode nos anos 90

O cantor Ivan Marques, Décio Luiz e o grupo Feijoada Completa, além do DJ Razuk, comandarão, neste sábado, o evento “I Love Pagode 90”, na C4 Show, antigo Com Certeza, endereço que era um dos pontos de encontro da turma jovem de São Luís, na Avenida São Luís Rei de França.

O pagode nos anos 1990 tinha dancinhas coreografadas e muito romantismo. O movimento nasceu como co-irmão do samba de raiz e fez muito sucesso.

Capital Inicial

Contagem regressiva para o show da banda Capital Inicial, dia 8 de outubro, no Blue Tree Hotel.

O projeto ‘Capital Inicial 4.0’ presenteará o público com um repertório abrangendo faixas preferidas dos fãs, novidades e versões inéditas dos clássicos hits.

Os promotores do evento criaram o Ingresso Solidário, uma opção de desconto por meio de uma ação de cunho social. Acompanhado do ingresso, o cliente entrega 1kg de alimento não perecível na entrada do evento.

Todas as arrecadações serão destinadas a instituições sociais.

Orçamento Empresarial

O mestre em finanças Antônio Carvalho, que reside na Bahia, ministra, neste fim de semana, para alunos da Faculdade de Negócios Faene, aula sobre Orçamento Empresarial para as turmas dos MBA em Auditoria, Controladoria e Finanças, e Direito Tributário.

Além dele, a professora Ana Coeli comandará aula sobre carreiras, talentos e remuneração para os alunos do MBA em Gestão de Pessoas.

Já o professor Ricardo Carreira falará sobre Planejamento da Capacidade para os alunos do MBA em Engenharia de Manutenção e do MBA em Qualidade e Produtividade.

Reforço na segurança

A segurança pública do Maranhão ganha mais um reforço no enfrentamento à criminalidade com o lançamento do 1º Batalhão de Motopatrulhamento Tático, que atenderá toda a Região Metropolitana de São Luís, com mais de 100 policiais e 60 novas motos.

A cerimônia contou com a participação de familiares e todo o comando da Polícia Militar do Maranhão.

Os PMs que integram o 1º BMT realizaram treinamento de pilotagem básica, avançada, abordagem com uso de motocicleta, técnicas de escolta, planejamento de escolta e eventos públicos, mecânica básica e primeiros socorros.

Coleção “Azulejos”

Nesta quinta-feira, na sede da Fundação Municipal de Patrimônio Histórico de São Luís, o Grupo Potiguar vai celebrar o lançamento oficial da coleção “Azulejos”, fabricada sob demanda para celebrar os 410 anos de São Luís.

Essa ação é mais uma declaração de amor à capital São Luís, dessa empresa maranhense e que conta com 41 anos de atuação, na liderança do varejo de home centers no Maranhão.

Valorizar a cultura maranhense também está no DNA da Potiguar, que além de apoiar artistas e eventos culturais, promove ações que contribuem para elevar a estima e o sentimento de pertencimento dos ludovicenses à bela Ilha do Amor.

Para escrever na pedra:

“A vida não é um problema a ser resolvido, mas uma realidade a ser experimentada”. De Soren Kierkegaard.

 TRIVIAL VARIADO

Depois do que aconteceu com um novo milionário da Mega Sena, faço coro com o poeta Carpinejar: se eu ganhasse na Mega-Sena, não contaria para ninguém, a não ser para o meu círculo familiar mais próximo.

No assunto: a cobiça é criminosa. Meu silêncio não seria por senso de humildade ou para evitar a ostentação, mas por uma necessidade de proteção da própria vida. Tenho a crença de que, se você não impõe à bonança o silêncio de túmulo, é você que terminará ocupando a lápide.

Em tempo: confesso que não faria nenhuma extravagância, nenhuma compra absurda, não daria nenhuma amostra das facilidades de consumo. Talvez desaparecesse por um tempo, escondido num lugar remoto.

É grande a onda de novos termos que tem surgido para designar fenômenos do mundo do trabalho. Agora apareceu mais um: é o “quiet firing”, algo como “demissão silenciosa”. Vem sendo usado para definir empregadores que criam condições de trabalho insatisfatórias com o objetivo de induzir pedidos de demissão.

O estresse com a falta de dinheiro para as campanhas de candidatos a deputado estadual e federal tende a aumentar nos próximos dias. Em diversos partidos, mulheres reclamam que estão sendo forçadas a dividir os recursos do fundo eleitoral com os homens, em desrespeito às cotas.

Com uma votação consagradora – 30 votos de um eleitorado de 37 aptos a votar – o engenheiro José Jorge Leite Soares foi eleito segunda-feira para ocupar a cadeira vaga na Academia Maranhense de Letras com a morte de Luis Phelipe Andrès.

Hoje à noite, o Capítulo 1055 da ADHONEP realiza jantar no restaurante Cabana do Sol da Avenida Litorânea, com palestra de um grande empresário da Bahia, Evilásio Almeida Souza, diretor-presidente da Canaã Alimentos (Salvador-BA).

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.