Pergentino Holanda

Gustavo Valadão e Luciana de férias nos Estados Unidos

Mais: Maranhão e energia solar

PH

Em Chicago, curtindo temporada de férias, o cirurgião Gustavo Valadão e Luciana se dizem encantados com a modernidade e a beleza da cidade norte-americana
Em Chicago, curtindo temporada de férias, o cirurgião Gustavo Valadão e Luciana se dizem encantados com a modernidade e a beleza da cidade norte-americana

Não brigue por eles

As condições peculiares desta eleição – polarizada desde a largada entre um candidato que desmoraliza o próprio sistema eleitoral e outro que passou 580 dias na cadeia por corrupção – e os nervos sobressaltados pelas redes sociais produzem uma eletricidade no ar que afasta amigos, afunda namoros e separa famílias.

Walter Rodrigues, jornalista paraense que atuou na imprensa maranhense e por quem eu não nutria a menor simpatia, costumava alertar: Não brigue por eles!

E o articulista político tinha lá suas razões.

Não brigue por eles...2

Nenhuma eleição e nenhuma candidatura valem uma família estilhaçada.

Antes de brigar, pense no seguinte. Lembra aquele adversário ferrenho do Lula que há alguns anos era o alvo de ataques ferozes da esquerda? Saiba que ele é o vice de Lula hoje. E se recorda do Collor, do Valdemar Costa Neto (aquele preso e condenado no mensalão), além de toda aquela história de “se gritar pega centrão, não fica um, meu irmão” que embalou a campanha do atual presidente?

Bolsonaro está abraçado a eles agora.

Não brigue por eles...3

Em todos os cantos do Brasil, corações sinceros se engalfinham por seus candidatos, enquanto eles sobem ao palco para mais um teatro eleitoral em que o inimigo atual se converte no aliado de amanhã.

Isso é política, e não é ruim que seja assim, porque demonstra que o bem e o mal não são conceitos absolutos ou definitivos em nada, muito menos em política.

Então, antes de detonar aquele primo e bloquear o grupo da família, respire fundo e pense que só você sofrerá com a divisão. Eles, os candidatos, sempre darão um jeito de se acertar ali na frente com os adversários furiosos de hoje.

Na noite sempre agradável e movimentada do bistrô Grand Cru, Maurício Pinheiro e Carol com os amigos Ednei Viégas Reis e Lindalva, Jean Farias e Milena
Na noite sempre agradável e movimentada do bistrô Grand Cru, Maurício Pinheiro e Carol com os amigos Ednei Viégas Reis e Lindalva, Jean Farias e Milena

Homenagem às “Vilãs do Cinema”

Duas criações da sua grife Gritacuxá, do estilista maranhense Glauber Pinto, farão parte da exposição “Vilãs do Cinema”, que estará aberta ao público a partir de amanhã, por todo mês de agosto, na galeria Floriano Teixeira, no Museu Artístico e Histórico do Maranhão.

A convite do idealizador do evento, o professor e produtor de moda Cacau Di Aquino, a grife do estilista estará presente na exposição com peças que vão fazer referência a Cruella DeVil, vilã de produções cinematográficas norte-americanas inspiradas no romance infantil de 1956 de Dodie Smith, The Hundred and One Dalmatians, que já foi interpretada pela atriz hollywoodiana Glenn Close e, na sua versão mais recente, personificada “fashionisticamente” pela talentosa Emma Stone.

Em suas propostas, a grife traz uma criação assinada por Glauber e, uma outra pelo seu assistente, Heleno Silva, com a colaboração do Ateliê Pimentinha, uma das parcerias nos trabalhos em que é utilizado o crochê.

As peças serão apresentadas pela atriz de teatro Rosa Everton e pela digital influencer Lenny Giffoni.

A vez do azul cobalto

O azul é sempre popular, mas as tonalidades variam de acordo com cada temporada. As coleções de outono/inverno 2022 do hemisfério Norte, como de Stella McCartney e Off White, elegeram o azul cobalto como escolha da vez.

No meio do caminho entre os atemporais jeans e navy, o tom traz um pouco de emoção, sem perder o ar sofisticado inerente à cartela.

DE RELANCE

Subsídios para os eleitores

Estamos nos aproximando do dia 16 de agosto, início oficial da campanha eleitoral de 2022, período em que os candidatos a presidente da República, a governador, a senador e a deputado federal e estadual pedirão voto na propaganda de rádio e TV, nas redes sociais e no corpo a corpo das ruas.

Nossa prioridade nesta tribuna é levar ao público conteúdos que sirvam de subsídio para escolha dos candidatos no dia 2 de outubro (data da eleição em primeiro turno).

Subsídios para os eleitores...2

Defendemos que emissoras de rádio e televisão atuem exclusivamente para: detalhar e analisar planos de governo; mostrar a viabilidade das promessas; entrevistar candidatos a governador, a vice-governador e a senador para saber o que pensam sobre os principais problemas do Maranhão e como pretendem solucioná-los; checar declarações dos concorrentes para saber se são procedentes; valorizar o debate entre os candidatos, a partir de temas que afetam direta ou indiretamente a vida dos cidadãos; analisar problemas centrais do Estado e do país (educação, saúde, segurança, emprego, desenvolvimento econômico) e apontar caminhos para solucioná-los a partir de exemplos que deram certo; combater a desinformação (fake news).

Seria, com certeza, uma forma de contribuir pelos próximos meses para que as eleições no Estado e no país se transformem em um amplo debate de propostas e visões.

Campanha desigual

Se os candidatos a deputado federal já reclamavam da dificuldade para concorrer com os que têm mandato, porque recebem a maior fatia do fundão eleitoral, mais motivos terão para se indignar diante dos números sobre os gastos dos parlamentares desde o início do atual mandato.

Só no Maranhão são quase R$20 milhões no total. Em média, mais de R$1 milhão cada um, com honrosas exceções. E onde foi gasta essa dinheirama toda? Com passagens aéreas, aluguel de veículos, combustíveis e... propaganda ou “divulgação do mandato”.

Campanha desigual...2

É esse ponto o que torna mais desleal a concorrência. Os gastos com passagens aéreas são justificáveis. Afinal, Brasília tem votações uma ou duas vezes por semana e os deputados de todo o Brasil vivem na ponte aérea, porque não podem se afastar da base.

Mas o absurdo empregado na divulgação de mandato mostra que a campanha é permanente, embora a lei estabeleça que começa no dia 16 de agosto.

Em encontro social na Casa Kazar, o Repórter PH com Cybelle Lauande e Marisa Consalter
Em encontro social na Casa Kazar, o Repórter PH com Cybelle Lauande e Marisa Consalter

Maranhão e energia solar

Cerca de 3 mil maranhenses já contam com energia solar em suas casas, reduzindo o valor da conta de luz.

O Maranhão é um dos estados com maior irradiação solar do Brasil e possui também uma tarifa de energia elétrica caríssima, fato esse que aumenta a atratividade dos investimentos em energia solar.

Segundo a ANEEL, o Maranhão, se comparado ao resto do Brasil, ainda tem um longo caminho pela frente na difusão da energia fotovoltaica no estado.

A comparação usada para avaliação e tamanho do mercado leva em consideração a densidade de geradores versus o número total de consumidores, Nesse quesito, o Maranhão possui pouco mais de 160 sistemas de energia solar para cada 100 mil consumidores de energia, uma representação de apenas 0,1% do total do mercado.

Casamento e amizade

Faço coro com o poeta e cronista gaúcho Carpinejar quando diz que não o espanta o casal que deseja esperar para ter relações sexuais só depois do casamento. Não é para ele nenhuma aberração, nenhum anacronismo.

Estranho mesmo – e eu concordo com ele – é um casamento sem amizade, sem intimidade, sem cumplicidade, sem uma troca longa de ideias, sem intercâmbio de projetos, sem confidência de experiências, sem valores morais em comum.

Casamento sem amizade é mais perigoso do que casamento sem sexo antes.

Casamento e amizade...2

A amizade é a base do amor. A partir dela, alcançamos a admiração e a confiança. É o primeiro degrau de qualquer relacionamento. Tropeços virão se tentar pular esse nível básico e primordial.

A mera atração física e a satisfação momentânea da carne são elos muito rasos, muito superficiais para morar junto.

Assumir um compromisso levando em conta minutos de prazer é desmerecer o imenso tempo restante em que estará na companhia do outro.

Casamento sem amizade – arremata Carpinejar – é chamar um estranho para dentro de sua existência.

Para escrever na pedra:

“Nossas vidas começam a terminar no dia em que permanecemos em silêncio sobre as coisas que importam”. De Martin Luther King.

 TRIVIAL VARIADO

Muita gente em São Luís confundiu o vice-governador de Brasília, Paco Britto, com o médico Drauzio Varella, tamanha é a semelhança física dos dois. Já acostumado com o fato, Paco se diverte com a confusão que provoca por onde passa.

Neguinho da Beija-Flor fez questão de, antes de regressar ao Rio de Janeiro, telefonar para Lenita Lago Bello para lembrar com ternura que foi ela quem primeiro promoveu um show dele em São Luís.

Por falar em Lenita, sábado ela foi vista colocando as conversas em dia com Marilete Viégas, Ana Luiza Bacelar e Eliane Duailibe no almoço do sempre agradável e concorrido restaurante Ferreiro Praia, na Lagoa.

No final dos anos 1990 conheci o cantor português Antonio Zambujo durante um show de voz e violão que ele fazia numa casa de tango em Lisboa. Nasceu entre nós uma fraterna amizade. Tanto que em duas oportunidades tentei trazê-lo para fazer shows em São Luís, mas não deu certo por problemas de agenda do artista.

Agora, Zambujo está fazendo uma turnê pelo Brasil, baseada no nono álbum do artista, intitulado António Zambujo Voz e Violão. Segundo Zambujo, o nome é uma homenagem direta a João Voz e Violão, do ícone da bossa nova João Gilberto, editado em 1999 e classificado pelo cantor português como “um dos discos de sua vida”.

Apesar do tributo, o artista não se limita aos ritmos brasileiros no novo trabalho, aproveitando para combinar elementos da bossa nova com a música tradicional de Portugal. O resultado tem uma personalidade única, capaz inclusive de derrubar fronteiras, reais ou imaginárias, aproximando os dois lados do Atlântico.


 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.