Prisões temporárias

Suspeitos de latrocínio contra comerciante são presos em duas cidades do Maranhão

Crime foi registrado em abril de 2020; vítima foi identificada como José Augusto, de 61 anos.
Imirante.com, com informações da Polícia Civil16/07/2021 às 10h22

MIRANDA DO NORTE – A Polícia Civil do Maranhão (PC-MA) deu cumprimento, nessa quinta-feira (15), a dois mandados de prisão temporária contra dois suspeitos de envolvimento no latrocínio do comerciante José Augusto, de 61 anos, em abril de 2020, no Centro de Miranda do Norte, município distante 139 km de São Luís. As prisões foram realizadas nos municípios de Trizidela do Vale e Itapecuru-Mirim.

Segundo a polícia, um dos suspeitos presos é apontado como a pessoa que deu apoio logístico para os outros criminosos. Ele foi encarregado de promover a fuga dos demais suspeitos após o latrocínio, assim como o transporte da mercadoria roubado.

Ainda segundo a polícia, há indícios de que esse mesmo suspeito foi o responsável pelo levantamento dos dados e rotina da vítima para a prática do crime. Já o segundo preso é apontado como autor dos disparos, à queima rouba, contra a vítima.

As prisões, realizadas em Trizidela do Vale e em Itapecuru-Mirim, foram efetuadas por policiais Civis da 14ª Delegacia Regional de Pedreiras. Em Itapecuru, o mandado foi cumprido no presídio municipal, pois um dos suspeitos está custodiado em decorrência de uma operação da Polícia Civil de Miranda do Norte e Regional de Itapecuru-Mirim, justamente, por suspeitas de envolvimento no latrocínio, sendo sua prisão temporária prorrogada.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.