Pacote de bondades?

Prefeituras da Região Tocantina anunciam reajuste de salário do funcionalismo

A medida foi anunciada praticamente no fim do prazo estabelecido pela lei eleitoral.
João Rodrigues/ Imirante Imperatriz01/04/2016 às 15h03

IMPERATRIZ – As prefeituras de Sítio Novo e Ribamar Fiquene anunciaram nessa quinta-feira (31), que vão reajustar o salário dos servidores da Educação. Curiosamente, a medida foi anunciada após a respectiva aprovação pelas Câmaras de Vereadores, a dois dias do fim do prazo estipulado pela lei eleitoral para os prefeitos reajustarem salários de servidores.

Dentre os municípios da Região Tocantina que reajustaram os salários dos servidores da Educação estão Governador Edison Lobão, Davinópolis, Ribamar Fiquene, Montes Altos e Sítio Novo.

Em Sítio Novo os vereadores aprovaram dois projetos de autoria do Executivo Municipal em que o autorizam a conceder reajuste de salário a todos os servidores do município. O aumento foi de 11,37% para a Educação e 11,45% para os demais servidores.

⁠⁠⁠⁠Também, em Sítio Novo, os conselheiros tutelares, que desde a criação do Conselho Tutelar , em 2004, recebiam apenas um salário mínimo, terão aumento de 48%, e, com isso, seus salários passarão de R$ 880 a R$1.305.

Em Montes Altos, a Câmara de Vereadores aprovou, nesta sexta-feira (1º) um projeto de lei que autoriza a prefeitura a reajustar o salário dos servidores da Educação em 11,36%.

A concessão do reajuste salarial tem uma explicação lógica: a partir do dia 2 de abril nenhum prefeito pode conceder reajuste salarial em razão da legislação eleitoral. Na maioria dos municípios a data-base dos professores é 1º de maio e os gestores se anteciparam.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.