Prisão temporária

Cumprido mandado de prisão contra acusado de matar jovem por engano

A vítima foi confundida com um integrante de facção criminosa.
Imirante.com, com informações da Polícia Civil 01/04/2019 às 17h53
Cumprido mandado de prisão contra acusado de matar jovem por enganoO mandado de prisão contra Bruno Verde foi cumprido nesta segunda-feira (1º). (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS - A Polícia Civil do Estado do Maranhão, por meio da Delegacia da Cidade Olímpica (18º DP), deu cumprimento a mandado de prisão temporária em desfavor de Bruno Verde Pereira, pela prática do crime de homicídio.

O mandado de prisão contra Bruno Verde foi cumprido nesta segunda-feira (1º). O jovem é acusado de ter matado Felipe Emanoel Ribeiro, no dia 10 de dezembro de 2017, no bairro Vila Janaína, em São Luís.

Saiba mais:

Arma de fogo é instrumento mais usado em crimes na Ilha

Violência no período natalino: nove homicídios em dois dias​

Segundo as investigações, Bruno Verde, na companhia de um adolescente, armados, teriam ido até um local conhecido como Bar do Índio, no intuito de matarem um indivíduo de uma facção rival.

Diante das semelhanças físicas entre o verdadeiro alvo dos criminosos e a vítima, que nada tinha a ver com facção criminosa, a dupla ceifou a vida de Felipe Emanoel.

De acordo com a polícia, Bruno é apontado como uma das lideranças de uma facção criminosa que atua na área da Cidade Olímpica. O jovem tem várias passagens pela polícia por diversos crimes e atos infracionais, como tráfico, roubo qualificado, porte ilegal de arma de fogo, etc.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.