Após investigação

Presos acusados de envolvimento na morte de PM e de enteado na estrada da Maioba

Os jovens foram presos no bairro da Liberdade, em São Luís, na noite desse domingo (12).
Imirante.com13/11/2017 às 16h38
Presos acusados de envolvimento na morte de PM e de enteado na estrada da MaiobaÁlvaro Teixeira Santos e Werbeth Mendes Pinho confessaram participação no crime. (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS - A Polícia Militar do Maranhão, por meio do 9º BPM, prendeu, na noite desse domingo (12), duas pessoas acusadas de terem participado do assassinato do cabo Josélio Rocha Silva e do seu enteado Yuri de Paula Silva, mais conhecido como “Chacal”.

Relembre o caso: Policial militar e enteado são mortos a tiros na Estrada da Maioba

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP-MA), após o crime, a Polícia Civil iniciou as investigações e recebeu informações de que um dos veículos utilizados na ação criminosa, uma Saveiro branca de placa OJF-8595, teria sido visto no bairro da Liberdade. A polícia foi ao local e encontrou o referido veículo estacionado em frente a uma residência, na travessa Nossa Senhora das Graças.

Após averiguação, foi constatado que o carro pertencia a Álvaro Teixeira Santos, 27 anos. O jovem foi encontrado e preso. Após ser detido, Álvaro confessou que havia emprestado o veículo, desde a manhã de domingo, a Werbeth Mendes Pinho, também de 27 anos, conhecido como “Bebeto”.

De posse dessas informações, a polícia foi até a casa do suspeito. Werbeth Mendes foi preso e confirmou sua participação no crime. Em depoimento, ele contou detalhes sobre o caso e ainda citou o nome dos demais comparsas envolvidos no duplo homicídio.

Ambos os detidos foram conduzidos ao Plantão Central de Homicídios para serem tomadas as medidas cabíveis. Agora, a Polícia Civil está à procura dos demais envolvidos no crime.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.