Esclarecimento

PM nega maus-tratos de cavalos, mas afirma que animais são da corporação

Pronunciamento sobre a situação foi feito por meio de nota.
Imirante.com25/02/2016 às 20h45

SÃO LUÍS – Durante esta quinta-feira (25), o Imirante publicou uma denúncia sobre possíveis maus-tratos contra animais da Cavalaria da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA), em São Luís. Segundo informações do internauta que fez a queixa, os animais estão magros e abatidos por falta da ração que já não existe há quase dois meses.

Ao tomar conhecimento do caso, a Polícia Militar do Maranhão (PMMA) e pronunciou, por meio de nota, e alegou que os cavalos mostrados nas imagens pertencem à corporação, mas que desconhece a situação de maus-tratos.

Veja a nota na íntegra:

Sobre a suposta denúncia de maus-tratos contra os animais da Cavalaria, a Polícia Militar do Maranhão (PMMA) esclarece que:

1 – Desconhece situação de maus-tratos aos animais lotados na unidade militar, visto que todo o cuidado e acompanhamento dos animais é feito por meio de profissionais qualificados e habilitados para tal função;

2 – Somente no 1º Esquadrão de Polícia Montado (EpMont), unidade citada na matéria, três médicos veterinários trabalham de modo a garantir a qualidade da alimentação dos animais e todos os cuidados referentes à saúde dos mesmos;

3 – Os animais mostrados na reportagem, que são examinados rotineiramente, não são empregados no policiamento devido à idade avançada e a todos os cuidados especiais de que necessitam.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.