Resposta

Lanchonete diz que clientes colocaram as larvas na bandeja

Bondiboca afirma que câmeras registraram os clientes colocando as larvas na bandeja.
Liliane Cutrim/Imirante03/07/2013 às 16h47

SÃO LUÍS - Após um casal ter divulgado na internet que encontrou larvas em uma bandeja da lanchonete Bondiboca, na Avenida dos Holandeses em São Luís, a empresa decidiu se pronunciar sobre o caso. Segundo a assessoria de comunicação da Bondiboca, o vídeo é uma farsa, e as câmeras de segurança da empresa teriam registrado o momento em que o casal colocou as larvas na bandeja.

A assessoria postou um vídeo no You Tube, como direito de resposta (veja o vídeo no final da matéria), e disse que vai divulgar outro vídeo mostrando que as larvas foram colocadas pelos clientes, mas esse vídeo só será mostrado após passar pela perícia do Instituto de Criminalística do Maranhão (Icrim).

“Depois que o vídeo de segurança for analisado pelo Icrim, nós divulgaremos ele na íntegra, provando que foi uma farsa dos clientes. Vamos mostrar, também, um vídeo com um biólogo explicando sobre o tamanho das larvas”, garantiu o assessor de comunicação da Bondiboca, Gleyser Azevedo.

Segundo o assessor, o casal pediu dois sanduiches, a mulher comeu um inteiro, deu duas mordidas no segundo e jogou na bandeja. Depois o casal foi ao caixa e começou a exigir que o dinheiro fosse devolvido. Gleyser Azevedo questiona como os clientes passaram cerca de 17 minutos comendo os sanduíches e não perceberam que tinha larvas na bandeja?

“Nós não temos garçom, então o cliente pega a bandeja no balcão. Não é possível que nesse tempo todo eles não perceberam que tinha algo errado. É claro que foi uma farsa. Nossa empresa tem mais de 20 anos e sempre trabalhou com seriedade. Para que as larvas fiquem daquele tamanho, teria que ser por muitos dias, e nós nunca permitiríamos que uma bandeja fosse daquele jeito para o cliente”, afirmou Gleyser.

Segundo o assessor, a Bondiboca entrou com um processo criminal para averiguar o caso. E a polícia vai tomar as medidas cabíveis.

“O tamanho e quantidade das larvas são provas de que foram colocadas lá, o vídeo deixa claro isso. Por várias vezes o casal olha para as câmeras e depois aparece eles colocando o material na bandeja. Nesse ramo de fast food, tem muita concorrência, então quiseram nos prejudicar, tentado denegrir nossos 20 anos de trabalho sério”, afirmou Gleyser Azevedo.

Veja o vídeo de resposta da Bondiboca.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.