Opinião | Artigo

São Luís: presente e futuro

10/09/2019

A história do Maranhão, contada pelos economistas, oscila entre os ciclos de sua reconhecida produção nos séculos passados e a sua abertura para o novo progresso, a partir do século XIX. Para os amantes da literatura e da poesia, o Maranhão foi celeiro de grandes vultos que tiveram participação na literatura e na poesia nacionais, através de notáveis nomes como Aluízio Azevedo, João Lisboa, Gonçalves Dias, Antônio Lobo, Gomes de Sousa, Coelho Neto, Humberto de Campos, Josué Montello Ferreira Gullar e outros, contando atualmente com José Sarney, expressivos nomes da maranhensidade.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte