O Mundo | Vítimas do ciclone

Autoridades de Moçambique vão investigar roubos de doações

As Nações Unidas pediram US$ 392 milhões (cerca de R$ 1,5 bilhão) à comunidade internacional para financiar a resposta humanitária no sul da África pelos próximos três meses
05/04/2019

MOÇAMBIQUE - O governo de Moçambique admitiu desvios da ajuda às vítimas do ciclone Idai, que atingiu o país no mês passado. As autoridades disseram que houve roubo de alimentos e desvios de donativos, e criaram uma comissão de deputados para fiscalizar e punir os responsáveis.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte