Série C

Vila Nova-GO goleia o Remo e conquista boa vantagem na final

De virada, equipe goiana faz 5 a 1 no primeiro confronto da finalíssima.

Imirante Esporte, com informações da CBF

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h04
Com o resultado, o Vila pode empatar ou perder por até três gols de diferença no próximo jogo que será o campeão.
Com o resultado, o Vila pode empatar ou perder por até três gols de diferença no próximo jogo que será o campeão. (Foto: Heber Gomes / CBF)

BRASIL - Começou a final da Série C do Brasileirão de 2020! Neste sábado (23), Vila Nova-GO e Remo-PA disputaram o primeiro confronto valendo o título, com a equipe goiana construindo uma boa vantagem. No Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia, o Tigre venceu por 5 a 1, de virada, e vai para o jogo da volta confiante na conquista do caneco.

Com o resultado, o Vila pode empatar ou perder por até três gols de diferença no próximo jogo que será o campeão. Para ficar com o título, a equipe paraense precisa da vitória por cinco gols de diferença. No caso de empate no saldo de gols, a disputa vai para os pênaltis.

A partida finalíssima entre as equipes está marcada para o próximo sábado (30), às 17h, no Mangueirão, em Belém.

O jogo

O primeiro tempo da partida em Goiânia começou com o Remo controlando as ações. Logo aos quatro minutos, Tcharlles encontrou espaço na entrada da área e finalizou com perigo perto da trave direita de Fabrício. E, aos nove, o Leão abriu o placar. Gedoz cobrou escanteio na segunda trave, e Gilberto Alemão subiu mais alto que todo mundo para mandar de cabeça para o fundo da rede: 1 a 0.

Atrás no marcador, o Vila Nova respondeu logo em seguida, com desvio de letra de Willian Formiga, que obrigou Vinícius a fazer boa defesa. E, aos poucos, o Tigre equilibrou as ações e passou a dominar a partida, explorando principalmente o lado esquerdo. Aos 24 minutos, após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Talles, livre de marcação, empatar o confronto. Depois, aos 36, o atacante anotou mais um. Willian Formiga avançou, cruzou na área, Fredson desviou, e Talles chutou de primeira para fazer 2 a 0. E, já nos acréscimos, Alan Mineiro cobrou falta com perfeição e ampliou a vantagem dos goianos para 3 a 0.

O Tigre manteve o ritmo intenso na volta do intervalo e balançou mais as redes. Aos 13 minutos, Pablo cruzou a longa distância para Henan, que ficou cara a cara com Vinícius e mandou por cobertura para fazer o quarto. Aos 24, a dupla trabalhou junta novamente para ampliar o placar. Pablo driblou a marcação e mandou uma bomba de fora da área, que Henan desviou de cabeça para dentro das redes: 5 a 1. Com a boa vantagem construída, o Vila Nova diminuiu o ímpeto ofensivo e foi administrando o resultado até o apito final, enquanto o Remo não conseguiu reagir.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.