O Mundo | Gás

ONU culpa governo da Síria por massacre com arma química

Investigação das Nações Unidas indica que ataque com gás sarin que deixou 83 mortos no noroeste do país em abril deste ano foi conduzido por aviões da Força Aérea do regime Bashar al-Assad
07/09/2017

SÍRIA - A Organização das Nações Unidas (ONU) responsabilizou o regime de Bashar al-Assad na Síria pelo massacre ocorrido no noroeste do país em abril deste ano . Na ocasião, 83 pessoas morreram – entre elas 30 crianças – após bombardeio com gás químico em Khan Shaykun, na província de Idlib, região controlada por rebeldes.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte