Eleições 2022

Lahesio comenta aliança da oposição com Roberto Rocha: "Plano B do Flávio Dino"

Pré-candidato do PSC falou do assunto durante passagem por Timon.

Gilberto Léda/ipolítica

- Atualizada em 09/05/2022 às 07h11

TIMON - O ex-prefeito de São Pedro dos Crentes Lahesio Bonfim, pré-candidato do PSC ao Governo do Maranhão, comentou pela primeira vez, neste fim de semana, durante passagem por Timon, a formalização de uma frente ampla de oposição em torno do nome do senador Roberto Rocha (PTB).

Segundo o senador, além do apoio ao seu projeto, líderes dos nove partidos já reunidos definiram uma aliança de todos em torno de quem passar para um possível segundo turno.

Em Timon, Lahesio foi questionado por apoiadores sobre a composição, e se apoiaria algum dos pré-candidatos do grupo - Edivaldo Holanda Júnior (PSD), Josimar de Maranhãozinho (PL), ou Weverton Rocha (PDT) - caso não passe do primeiro turno.

"Só tem um opositor no Maranhão: é Lahesio Bomfim, não tem outra oposição. Weverton Rocha, [Josimar de] Maranhãozinho, Edivaldo Holanda [Júnior], são tudo plano B, série B do Flávio Dino. O único que é oposição no Maranhão é o Lahesio Bonfim. Se o Lahesio Bonfim não for para o segundo turno é porque ele ganhou logo no primeiro", afirmou.

Lahesio não participou do evento pró-Roberto Rocha, na segunda-feira da semana passada (2), mas foi representado pelo presidente estadual do PSC, deputado federal Aluisio Mendes.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.