Compromisso e coragem

Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão celebra 120 anos

Relembre alguns casos de combate a incêndios de grandes proporções mostrados pelo Imirante.

Imirante.com

- Atualizada em 11/12/2023 às 07h35
(Foto: Divulgação/CBMMA)
(Foto: Divulgação/CBMMA)

MARANHÃO - O Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) celebra 120 anos. Ao longo das décadas, estes profissionais têm sido a linha de frente na defesa da vida e do patrimônio, enfrentando desafios com dedicação exemplar.

Em 1903, por meio do Decreto nº 32, de 10 de dezembro, foi criada pelo vice-governador do Estado do Maranhão, Alexandre Colares Moreira Júnior, uma Seção de Bombeiros que tinha como finalidade extinção de incêndios, os quais foram incumbidos também do exercício dos serviços de intendência municipal.

Atualmente, o Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) é força auxiliar e reserva do Exército Brasileiro, órgão da administração direta e integrante do sistema estadual de Segurança Pública, ex vi do que dispõe o art. 144, V, da Constituição Federal, e art. 116 da Constituição do Estado Maranhão, sendo o responsável pelo Sistema Estadual de Proteção e Defesa Civil.

(Foto: Divulgação/CBMMA)
(Foto: Divulgação/CBMMA)

Além de outras atribuições definidas em Leis específicas, como é o caso das Leis Estaduais: Lei de Organização Básica (LOB/CBMMA) nº 10.230/2015, Lei de Segurança Contra Incêndios das edificações e áreas de risco no Estado do Maranhão nº 11.390/2020; e ainda das Leis Federais: Lei Federal nº 12.608/2012 – Dispõe sobre a Política Nacional de Proteção e Defesa Civil e dá outras providências, e Lei de combate a incêndio e a desastres em locais de reunião de público (popularmente conhecida como “Lei Kiss”) nº 13.425/2017.

Leia também:

Imagens mostram incêndio em região da Litorânea, em São Luís

VÍDEO: incêndio em área de descarte irregular de lixo assusta moradores na Vila Embratel

VÍDEO: incêndio destrói casas de taipa e assusta moradores no interior do Maranhão

Incêndio atinge imóveis no bairro João de Deus, em São Luís; não houve feridos

A Corporação sempre buscou pautar seu planejamento e ações em torno daquele que foi seu primórdio: a proteção da vida, do patrimônio e do meio ambiente em resposta às emergências.

"Parabéns pelos 120 anos de história e proteção do cidadão, Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão. Que a poderosa mão de Deus continue guiando e capacitando os bombeiros militares maranhenses para cumprir bem e fielmente a nobre missão de: 
“Vidas alheias e riquezas salvar!", frisou o comandante do CBMMA Coronel Célio Roberto.

Incêndios

No mês passado, a equipe do CBMMA atuou no combate às chamas em um trem de cargas da Vale no Km 244, da Estrada de Ferro Carajás, em Alto Alegre do Pindaré, no Maranhão. Segundo a Vale, o incêndio atingiu 20 vagões de combustível e não deixou feridos.

Ao todo, a composição tinha 42 vagões, desse total, 22 foram desacoplados e não correm risco de incêndio. No entanto, 20 vagões que não tiveram tempo de serem desacoplados foram consumidos pelo fogo.

(Foto: Divulgação/CBMMA)
(Foto: Divulgação/CBMMA)

Em março deste ano, a guarnição também realizou um trabalho de combate a incêndio no cinema do Rio Anil Shopping, no bairro Turu, em São Luís. De acordo com as equipes do CBMMA, o fogo se alastrou em três salas totalmente e em uma parcialmente. O trágico incêndio resultou em duas mortes e deixou feridos.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.