Latrocínio

Polícia prende um envolvido em roubo seguido de morte em sítio, na zona rural de SL

José Carlos Oliveira, de 37 anos, foi morto por disparo de arma de fogo durante confraternização com parentes e amigos.

Imirante, com informações da Polícia Civil

- Atualizada em 27/10/2022 às 10h07
As investigações continuam sendo realizadas por intermédio do Departamento de Proteção a Pessoa da Superintendência de Homicídios e de Proteção à Pessoa.
As investigações continuam sendo realizadas por intermédio do Departamento de Proteção a Pessoa da Superintendência de Homicídios e de Proteção à Pessoa. (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS – Um homem foi preso, nessa quarta-feira (26), por envolvimento em um latrocínio registrado em um sítio, na zona rural de São Luís, no fim de semana. José Carlos Oliveira, de 37 anos, foi morto por disparo de arma de fogo.

A prisão foi efetuada pelo do Departamento de Proteção à Pessoa da Superintendência de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DPP/SHPP), que informou que o preso faz parte de um grupo especializado em crimes de roubo e extorsão. Ainda conforme a polícia, ele era responsável pelo núcleo financeiro da organização criminosa. 

A investigação ainda está em andamento. A Polícia Civil trabalha no sentido de identificar e prender todos os envolvidos nestes crimes.

Após os procedimentos de praxe, o preso foi reencaminhado ao sistema penitenciário.

O latrocínio

Segundo informações policiais, no último domingo (23), cerca de sete assaltantes chegaram em dois carros e efetuaram tiros para o alto. Eles invadiram a casa e renderam todas as pessoas que lá estavam. José Carlos, parentes e amigos faziam uma confraternização no local quando foram surpreendidos pelos bandidos.

Os bandidos exigiram transferências bancárias via pix, fazendo ameaças às vítimas. Duas delas chegaram a transferias quantias de R$ 3 mil e de R$ 4 mil, ainda de acordo com a polícia. Os criminosos também roubaram celulares e joias.

Insatisfeitos, os bandidos exigiram mais dinheiro, e José Carlos de Oliveira acabou sendo assassinado. Em seguida, os criminosos roubaram a arma de fogo que estava no carro dele. A polícia localizou, depois, no carro da vítima a carteira de registro federal da arma roubada.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.