Eleições 2022

Lahesio recua após desautorizar Aluisio: "Fui infeliz naquela declaração"

Pré-candidato do PSC diz que acertou ponteiros com presidente da sigla sobre frente ampla pró-Roberto Rocha.

Gilberto Léda/Ipolítica

- Atualizada em 12/05/2022 às 08h20
Aluisio e Lahesio agora falam a mesma língua
Aluisio e Lahesio agora falam a mesma língua (Divulgação)

SÃO LUÍS - O ex-prefeito de São Pedro dos Crentes Lahesio Bonfim, pré-candidato do PSC ao Governo do Maranhão, recuou das declarações que deu no início da semana a respeito da sua participação na frente ampla de apoio ao senador Roberto Rocha (PTB), pré-candidato à reeleição.

Em entrevista ao programa Panorama, da Mirante AM, na tarde desta quarta-feira (11), ele disse que foi “infeliz" ao afirmar - em entrevista no interior do estado - que o deputado Aluisio Mendes, presidente da legenda no Maranhão, fala pelo partido, mas não pelo pré-candidato Lahesio.

“Fui infeliz naquela declaração”, disse ele, atribuindo a fala ao “calor do momento”.

O pré-candidato confirmou que já acertou os ponteiros com Aluisio e que dará apoio à frente ampla pró-Roberto Rocha.

“Aluísio acredita muito no nosso projeto e ele é uma das pessoas que mais incentivam, tanto é que ele me colocou no partido na qual ele é presidente. Errar é humano e reconheço que errei na declaração em razão do calor da campanha, as pessoas aproveitaram a deixa para criar uma narrativa e fazer repercutir. Acho que fui infeliz na declaração porque o Aluísio é o presidente do meu partido, ele não precisa de procuração nenhuma para falar sobre mim pois ele é o presidente, faço parte do partido e tenho que respeitar ordens superiores”, declarou.

O recuo de Lahesio ocorreu depois de o próprio Aluisio rebater as declarações do pré-candidato, e destacar que a pré-candidatura só pode ser confirmada com aval do partido, em convenção.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.