Violência em alta

Mortes violentas com uso de arma de fogo chegam a mais de 90% durante o mês de abril na Ilha

Os dados da SSP revelam que ocorreram 28 assassinatos no decorrer do mês passado na Região Metropolitana de São Luís e entre estes casos somente dois foram ocasionados por arma branca.

Imirante.com

- Atualizada em 02/05/2022 às 18h00
Segundo a SSP, mais de 90% das mortes violentas que ocorreram em abril na Ilha foram por arma de fogo.
Segundo a SSP, mais de 90% das mortes violentas que ocorreram em abril na Ilha foram por arma de fogo. (Foto: Reprodução)

SÃO LUÍS - Dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP) revelam que das 28 mortes violentas ocorridas durante o mês de abril deste ano na Grande Ilha, 92% dos casos foram ocasionados por arma de fogo.

Leia também em: 

Quatro faccionados acusados de assassinato são presos na Grande SL

SL registra média de um assassinato por dia no mês de fevereiro

No mês passado, somente dois assassinatos foram por arma branca na Ilha. Um dos registros foi no dia 19, na Quinta do Diamante e a vítima foi identificada apenas como Marquinhos. A polícia informou que a vítima era usuária de entorpecente e suspeito de cometer assaltos na área central de São Luís.

O corpo dele foi encontrado por populares em uma área de matagal. Além da polícia, os peritos do Instituto de Criminalística (Icrim) também foram acionados e constataram seis golpes de faca no tórax da vítima, três na testa e um no pescoço. 

O outro homicídio por arma branca ocorreu no dia 4 de abril, no bairro Ipase de Cima e teve como vítima Fábio Henrique Meireles, de 52 anos. De acordo com a polícia, ele foi morto com um golpe de faca no pescoço desferido pela própria companheira, Ivone Meireles, de 63 anos.

A suspeita foi presa em flagrante em um motel, no bairro do Angelim, na capital e apresentada na sede da Superintendência de Homicídio e Proteção a Pessoas (SHPP), na Beira-Mar, onde prestou esclarecimentos sobre o caso e, logo após, encaminhada para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Das 26 mortes por arma de fogo durante o mês passado, uma das vítimas, segundo a polícia, levou mais de 15 tiros. O crime ocorreu em plena via pública da Cidade Olímpica, na noite do dia 29 e a vítima foi Fábio Sá dos Santos. O ato criminoso contou com a participação de quatro homens, não identificados, e está sendo investigado pela equipe da SHPP.

 


 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.