Prisão Temporária

Preso terceiro suspeito de torturar mulher na cidade de Pinheiro

De acordo com a polícia, o homem, na companhia de outros indivíduos, praticaram o crime e chegaram a filmar a tortura contra a vítima.

Imirante.com, com informações da Polícia Civil do Maranhão

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h46
Imagem ilustrativa.
Imagem ilustrativa. (Foto: Divulgação)

PINHEIRO – Um homem foi preso, no último dia 24 de dezembro, acusado de participar da tortura contra uma mulher, que foi agredida com pauladas e teve o cabelo raspado.

O Mandado de Prisão Temporária foi cumprido pela Polícia Civil do Maranhão, por meio do 2⁰ DP de Pinheiro e do Plantão da 5ª Delegacia Regional de Pinheiro.

De acordo com a polícia, o homem, na companhia de outros indivíduos, praticaram o crime e chegaram a filmar a tortura contra a vítima.

O vídeo do crime, que aconteceu em agosto desse ano, circulou nas redes sociais, causando grande indignação pela barbaridade com que fora praticado.

O investigado preso foi colocado à disposição da Justiça, no presídio de Pinheiro.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, já há três investigados presos. Mais dois suspeitos, que também já tiveram suas prisões temporárias decretadas, seguem procurados pela polícia.

Saiba mais: Homem é preso suspeito de torturar mulher em Pinheiro

Motivação

Segundo investigações da Polícia Civil, o crime teria sido motivado após uma suposta pratica de traição amorosa da vítima contra um membro de uma facção criminosa que atua a cidade, além da subtração de um valor de R$ 3 mil, frutos da venda de drogas. A violência teria sido uma forma de punição.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.