Período Oficial de Verão

Imperatriz pode não ter período oficial de veraneio

A Defesa Civil disse que há essa possibilidade e alerta aos banhistas.

Jefferson Sousa/Imirante Imperatriz

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h52

IMPERATRIZ – Imperatriz corre risco de não ter período oficial de veraneio. A Superintendência Municipal da Defesa Civil informou que não será possível montar uma estrutura completa nas praias do Cacau e do "Meio", caso não seja possível controlar o nível do Rio Tocantins, para dotar essas áreas de lazer com qualidade e segurança.

O superintendente da Defesa Civil Francisco das Chagas Silva, o Chico Planalto, disse que, este ano, serão pensadas diversas maneiras para que não aconteça igualmente em 2013, quando o dinheiro público foi investido para somente 15 dias de praia.

“Vamos avaliar, sentar com o pessoal da Consórcio Estreito de Energia (Cest) quantas vezes forem necessárias, para acompanhar de perto o volume do rio. Vale destacar que não há uma data oficial, até porquê as praias estão reduzidas, ainda. Devemos vistoriar com detalhamento, para não gastar desnecessariamente dinheiro público”, relatou.

Chico Planalto explicou que para ser possível o início oficial de veraneio em Imperatriz, é preciso que a vazão do rio chegue à média entre 1.100 a 1.200 m³/s. Atualmente, o rio se encontra com 1588 m³/s.

“Nós estivemos ontem numa reunião com a diretoria da Cest e eles foram bem categóricos em dizer que não podem afirmar nada, que tudo, ainda, é um mistério. É uma situação complicada, onde temos que perceber que o Rio Tocantins não é mais nosso, da natureza. Ele tem agora uma maquina bem perto, menos de 70 km, que impacta tanto no período chuvoso como no período seco”, contou.

Praias

Enquanto nenhuma data oficial é pré-estabelecida, os imperatrizenses, e quem vêm nesse período para passar as férias na cidade, estão indo aos bancos de areias espalhados pela costa do Rio Tocantins, mesmo sem segurança adequada.

 Banhistas aproveitam como podem nas praias. (Foto: Jefferson Sousa/ Imirante Imperatriz)
Banhistas aproveitam como podem nas praias. (Foto: Jefferson Sousa/ Imirante Imperatriz)

Para que não ocorra nenhum incidente, o superintendente da Defesa Civil alerta aos banhistas para que “tenham cuidado, responsabilidade, para não acontecer como a vítima de domingo (20), em que o cidadão perdeu a vida por uma aventura. Então, cuidado, a praia ainda não possui segurança”.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.