Evento

Dino condena manifestações contra ministros do STF em Nova York

Ex-governador e senador eleito posicionou-se no Twitter.

Gilberto Léda/ipolítica

- Atualizada em 14/11/2022 às 14h02
Dino diz que críticas são ameaça ao Judiciário
Dino diz que críticas são ameaça ao Judiciário (Paulo Soares)

SÃO LUÍS - O ex-governador do Maranhão e senador eleito Flávio Dino (PSB) comentou nesta segunda-feira (14) os protestos direcionados a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) que foram a Nova York para participar da Lide Brazil Conference .

O evento é organizado pelo grupo Lide, da família do ex-governador paulista João Doria.

“Essas agressões a ministros do STF e às suas famílias representam grave ameaça à independência do Poder Judiciário. E não há Estado de Direito sem Judiciário livre. Portanto, a cessação dessa anomalia deve ser uma prioridade para os 3 Poderes e para a sociedade”, afirmou Dino, nas redes sociais.

Mais cedo, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, também ministro do STF, afirmou em discurso que "a democracia foi atacada no Brasil, mas sobreviveu".

Além de Moraes, estão em Nova York os ministros Luís Roberto Barroso, Gilmar Mendes e Dias Toffoli.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.