Empreitada criminosa

Mulher é presa suspeita de tentar sacar benefício federal utilizando documentos falsos

A prisão aconteceu dentro de uma agência bancária, localizada na área central da cidade de Arari, e a detida foi encaminhada para o presídio de Viana.

Imirante.com

- Atualizada em 08/06/2022 às 15h40
A mulher foi presa dentro de um banco, em Arari.
A mulher foi presa dentro de um banco, em Arari. (Foto:Divulgação)

ARARI - Uma mulher foi presa em flagrante suspeita de tentar sacar benefício do governo federal utilizando documentos falsos. A ação foi registrada nesta quarta-feira (8) dentro de uma agência bancária, na cidade de Arari, no interior do Maranhão.

Leia também em: 

Polícia Federal realiza operação contra falsificação de documentos e estelionato previdenciário

Dupla suspeita de estelionato é presa com 17 RGs falsos e 11 cartões na BR-010

A Polícia Militar (PM) informou que os funcionários do banco desconfiaram do documento apresentado pela detida e acionaram os policiais militares. Ela pretendia sacar benefícios federais, mas, acabou sendo presa e levada para a delegacia da cidade.

Ainda segundo a polícia, a mulher vai responder pelo crime de tentativa de estelionato e foi encaminhada para a Unidade Prisional de Viana onde vai ficar à disposição do Poder Judiciário. O caso vai ser investigado pela Polícia Civil devido haver a suspeita de mais pessoas envolvidas nessa empreitada criminosa.

Outro caso

No dia 20 de maio deste ano, um casal de maranhense de Imperatriz foi preso em um shopping do Distrito Federal suspeito de utilizar documento falso. Em poder deles, a polícia apreendeu carteira de motorista falsa, seis celulares, maquininha de cartão de crédito e notas fiscais de compras no valor de R$ 22,8 mil.

A polícia também informou que o lojista desconfiou da autenticidade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) apresentada na hora da compra e acionou os militares. O casal foi abordado no estacionamento do shopping, estava com várias compras e foi conduzido para a 1ª Delegacia de Polícia Civil da Asa Sul.


 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.