Celebridades

Angelina Jolie e Brad Pitt irão adotar uma criança da Síria

A criança perdeu a mãe em um bombardeio e teve o pai levado por soldados sírios.
Na Mira 22/09/2015 às 14h14

O casal Angelina Jolie e Brad Pitt está próximo de iniciar o processo de adoção de uma criança da Síria, decisão que vinha sendo analisada desde o início do ano. Eles visitam o país desde 2012 e tudo indica que está tudo certo para a adoção, segundo o site Radar Online.

A atriz, que recentemente fez a retirada dos seios, do ovário e das trompas para evitar câncer, ficou apaixonada por três crianças da Síria. "Ela ficou com o coração partido ao saber que os três viram o pai ser levado pelos soldados sírios e que a casa onde moravam foi explodida. A mãe das crianças morreu na explosão", disse uma fonte ao site. "Ela queria adotar as três crianças, mas quando voltou para os Estados Unidos e conversou com Brad, ele disse que não, pois ir de seis para nove filhos era demais".

Angelina chegou a levar a filha biológica Shiloh em uma das visitas aos refugiados. A criança de 9 anos é a primeira filha dos atores e é transgênero.

Após muita conversa, os atores decidiram adotar a criança síria. "Brad ficou preocupado com a forma como isso impactaria seus filhos, e Angelina entendeu, mas eles se compromissaram a adotar uma das crianças. O processo de adoção levará de quatro a cinco meses, no mínimo", finalizou a fonte.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.