Dispensa desconsiderada

Funcionários demitidos do Hospital de Matões serão remanejados

Segundo o MPT, a demissão dos funcionários será desconsiderada, e o pagamento dos salários está garantido.
Divulgação/MPT-MA08/02/2019 às 16h19
Funcionários demitidos do Hospital de Matões serão remanejadosA audiência de mediação foi realizada, nesta sexta-feira (8), em São Luís, pelo Ministério Público do Trabalho no Maranhão (MPT-MA). (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS - Em audiência de mediação realizada nesta sexta-feira (8), em São Luís, o Ministério Público do Trabalho no Maranhão (MPT-MA) pacificou a situação dos trabalhadores do Hospital Regional de Matões do Norte. A dispensa dos funcionários será desconsiderada e o pagamento dos salários está garantido no período de reforma da unidade de saúde.

Saiba mais sobre o caso:

Situação dos funcionários do Hospital de Matões será discutida em audiência de medição

Centenas de funcionários são demitidos do Hospital Geral de Matões

Após demissões no Hospital de Matões, população interdita BR-135

Durante a rodada de negociações, foi informado que o Instituto de Apoio ao Desenvolvimento da Vida Humana (IADHV) venceu processo de chamamento público e deverá assumir a gestão de algumas unidades de saúde do Estado. Há expectativa que esse instituto assuma a contratação dos trabalhadores que estão requisitados pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh). A previsão é que o IADHV inicie as atividades em março.

Durante a audiência, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) admitiu que a entrega das comunicações de dispensa decorreu de falha administrativa e que, em razão disto, o ato ocorrido na última sexta-feira (1º) deverá ser desconsiderado.

A mediação foi coordenada pela procuradora do Trabalho Anya Gadelha Diógenes e contou com a participação de uma comissão de trabalhadores de Matões do Norte, dos sindicatos Seema e Sindsaúde, de procuradores do Estado e de representantes da SES e da Emserh.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.