Luto

Morte do babalorixá Bita do Barão é confirmada pela família

Segundo Janaína Nonato Barbosa, filha de Bita, a família está preparando o corpo para ser velado e sepultado em Codó.
Imirante.com, com informações da Mirante AM18/04/2019 às 13h49
O pai de santo estava internado há cerce de 4 dias. Foto: Reprodução.

CODÓ - Foi confirmada, no início da tarde desta quinta-feira (18), por Janaína Nonato Barbosa, a morte do babalorixá Bita do Barão. O pai de santo estava internado no hospital São Paulo, na cidade de Teresina.

Leia também:

Em estado grave, Bita do Barão é liberado para ficar com a família

Em carta aberta, Bita do Barão rebate reportagem da Veja

Segundo Janaína Nonato Barbosa, filha de Bita, a família está preparando o corpo para ser velado e sepultado em Codó, no interior do Estado.

“Papai Infelizmente veio a falece aqui no hospital. Estamos cuidando para o corpo ir pro Codó onde acontecerá seu velório”, disse Janaina Nonata de Souza, filha do pai de santo.

O repórter da TV Mirante, Acélio Trindade, falou no programa Rádio Patrulha sobre a morte de Bita do Barão. Ouça na íntegra:

Wilson Nonato de Souza era o babalorixá mais conhecido do país. Foto: Reprodução.

O pai de santo estava internado há cerca de 4 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O corpo de Bita do Barão será levado, ainda nesta quinta, para a cidade de Codó. O velório vai acontecer na residência do pai de santo na rua rui Barbosa, no Centro da cidade.

O pai de santo:

Wilson Nonato de Souza, o Bita do Barão, era o babalorixá mais conhecido do Brasil e tinha 87 anos. Bita morava na cidade de Codó, no Palácio de Iansã, onde recebia diversas pessoas, muitas delas influentes, como políticos e famosos.

No palácio, Bita do Barão realizava rituais de incorporação, consultas, entre outras atividades ligadas à Umbanda. Médium desde a juventude, Wilson Nonato recebeu o apelido de Bita, porque era agitado como um bode e, na linguagem do interior do Maranhão, bita significa bode. Já o barão, é uma referência ao Barão de Guaré, a entidade que o pai de santo recebia.

Em 1954, Bita do Barão fundou sua Tenda Espírita de Umbanda, Rainha Iemanjá, que recebeu personalidades, entre políticos e artistas.

Seu poder aquisitivo também cresceu e, na cidade de Codó, ele mantém projetos sociais, além de festas religiosas que atraem pessoas do mundo todo.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.