Em Codó

Em estado grave, Bita do Barão é liberado para ficar com a família

Segundo parentes do pai de santo, o estado de saúde de Bita é sem recuperação.
Imirante.com17/04/2019 às 15h07
Em estado grave, Bita do Barão é liberado para ficar com a família Em um comunicado, a família de Bita informou que quem quiser ver o babalorixá com vida, pode ir à sua residência em Codó, nesta quinta-feira (17). (Foto: Divulgação)

CODÓ – Há quatro dias internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital de Teresina, no Piauí, o babalorixá Bita do Barão foi despachado pelos médicos e está voltando para a cidade de Codó, no Maranhão, onde ficará acompanhado da família e de amigos.

Leia também:

Em carta aberta, Bita do Barão rebate reportagem da Veja

"Eu já sabia", afirma Bita do Barão sobre vitória da Turma do Quinto

Repórter Mirante mostra força da umbanda realizada em Codó, MA​

Segundo parentes do pai de santo, o estado de saúde de Bita é grave e sem recuperação. De acordo com amigos do babalorixá, Bita do Barão está respirando apenas por meio de aparelhos, os quais poderão ser desligados assim que a família decidir, pois o pai de santo já foi desenganado pela equipe médica de Teresina. Diante do quadro crítico, a família decidiu pedir liberação para levar Bita do Barão para Codó, em uma UTI móvel.

Os médicos deram a liberação, e o babalorixá vai passar seus últimos dias de vida em casa, na companhia da família e de amigos. Em um comunicado, a família de Bita informou que quem quiser ver o pai de santo com vida, pode ir à sua residência em Codó, nesta quinta-feira (17).

Ainda segundo familiares, após a partida do pai de santo, o seu trabalho terá continuidade por meio de sua filha Janaína, que herda seu legado na Umbanda e foi preparada por Bita para assumir o seu lugar.

Wilson Nonato de Souza, o Bita do Barão, é o babalorixá mais conhecido do Brasil. Bita mora na cidade de Codó, no Palácio de Iansã, onde recebe diversas pessoas, muitas delas influentes, como políticos e famosos.

No palácio, Bita do Barão realiza rituais de incorporação, consultas, entre outras atividades ligadas à Umbanda. Médium desde a juventude, Wilson Nonato recebeu o apelido de Bita, porque era agitado como um bode e, na linguagem do interior do Maranhão, bita significa bode. Já o barão, é uma referência ao Barão de Guaré, a entidade que o pai de santo recebe.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.