Novidade

Cirurgia minimamente invasiva da coluna chega a Imperatriz

A técnica pode tratar hérnias de disco lombares, fraturas e até casos de instabilidade da coluna.
Imirante.com17/02/2018 às 09h46
Cirurgia minimamente invasiva da coluna chega a ImperatrizA técnica utiliza cortes menores aos tecidos do corpo. (Foto: Divulgação)

IMPERATRIZ - As cirurgias minimamente invasivas são hoje o que há de mais moderno e avançado na medicina. A técnica, utilizada há mais de 20 anos e caracterizada por utilizar cortes menores aos tecidos do corpo, tem tornado os procedimentos cirúrgicos cada vez mais simples e rápidos, o que permite ao paciente menos horas de cirurgia e internação, bem como um tempo de recuperação reduzido, pois as cicatrizes são menores.

Segundo o ortopedista especialista em coluna Dr. André Pagotto, “através das técnicas minimamente invasivas podemos tratar hérnias de disco lombares, torácicas, fraturas vertebrais e até casos de instabilidade da coluna”, explica. Ele ressalta ainda que a técnica é bastante utilizada nos maiores centros de referência em tratamento da coluna, como Europa e Estados Unidos.

Outro ponto importante sobre o procedimento é a sua segurança quanto à causa de danos internos ao paciente. São menores os riscos de problemas que afetam os músculos e tecidos adjacentes à incisão, o que diminui complicações pós-operatórias e menos dores no período da recuperação.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.