BR-226

Falta de pavimentação causa transtornos para motoristas

Com as chuvas dos últimos dias, trafegar pela rodovia ficou ainda mais complicado.
Imirante, com informações da TV Mirante 03/06/2010 às 07h32

TIMON - A falta de pavimentação na BR-226, entre Timon e o povoado Baú, causa muitos transtornos para os motoristas. Com as chuvas dos últimos dias, trafegar pela rodovia ficou ainda mais complicado. O problema existe há muitos anos e são poucos os motoristas que acreditam na pavimentação do trecho. São 100 quilômetros de muita lama. Um percurso difícil até para quem dirige veículos maiores.

Veja, ao lado, na reportagem de Josué Nogueira e José Mendes.

A chuva piorou o estado de conservação da pista. Mesmo com pouco movimento de veículos no trecho entre Timon e o povoado Baú, no município de Caxias, os problemas aparecem. São 100 quilômetros de lama. O percurso é difícil até para caminhões. Um problema que parece não ter fim, mesmo com máquinas trabalhando na recuperação da BR, a dúvida dos motoristas sobre quando o asfalto chega no local ainda é grande.

Mas há aqueles mais esperançosos, que acreditam que em pouco tempo a situação vai mudar. Por enquanto, a recomendação é de cuidado para quem vai pegar a BR-226. Com a chuva, o trabalho que vêm sendo feito pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) ficou praticamente perdido. Em um trecho, por exemplo, carros grandes como caminhões e ônibus passam. Já com os carros de passeio, a situação é outra. E para não deixar de seguir viagem, é bom não arriscar passar pelo local. Por enquanto, a preferência dos motoristas que saem de Timon para outras cidades do Maranhão ainda é a BR-316, mesmo aumentando o percurso.

De acordo com o Dnit, ainda não existe uma data para a licitação da obra de pavimentação do trecho mostrado na reportagem.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.