Península

MP-MA esclarece sobre Posto A: "não houve operação com objetivo de interditar o local"

No último domingo (26), houve aglomeração de pessoas na Península da Ponta d''Areia.
Imirante.com, com informações do MP-MA30/07/2020 às 08h37
Posto A, na Praia da Ponta D’Areia, foi local de festa no domingo (26). Foto: Reprodução/TV Mirante.

SÃO LUÍS - O Ministério Público do Maranhão (MP-MA) lançou nota de esclarecimento, nessa quarta-feira (29), informando que não houve nenhuma operação com objetivo de interditar o Posto A, localizado na Praia da Ponta D’Areia, mas que estão sendo adotadas providências.

Reveja:

Festa e aglomeração marcam o domingo na região da Península da Ponta d'Areia

Foi instaurado, ainda, um inquérito com relação ao episódio de discriminação divulgado em redes sociais envolvendo um estabelecimento da área. O proprietário do estabelecimento será notificado para evitar a ocorrência de novas situações que desrespeitem o Código de Defesa do Consumidor.

Leia a nota de esclarecimento na íntegra:

O Ministério Público do Maranhão informa que, a respeito da situação do Posto A, localizado na Praia da Ponta D’Areia, providências estão sendo adotadas, mas, até o momento, não houve nenhuma operação com objetivo de interditar o local.

Em relação ao episódio amplamente divulgado nas redes sociais envolvendo um estabelecimento da área, o MPMA, por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor de São Luís, já instaurou um procedimento para notificar o proprietário do estabelecimento, com a finalidade de evitar a ocorrência de novas situações que desrespeitem o Código de Defesa do Consumidor.

A esse respeito, o MPMA reforça o seu compromisso com a defesa dos direitos do cidadão e ressalta que jamais irá tolerar qualquer forma de discriminação. Assegura, ainda, que assim que forem tomadas outras medidas cabíveis em relação à questão, inclusive em parceria com outras instituições, tais ações serão amplamente divulgadas.

Aglomeração na Península

No último domingo (26), muitas pessoas se reuniram na faixa de areia da região da Península da Ponta d’Areia, a maioria sem máscara e não obedecendo o distanciamento social.

Em um dos vídeos, que circularam pelas redes sociais, é possível ver muita gente na região da Península se aglomerando e fazendo festa na faixa de areia ao som de música. As imagens mostram que as pessoas desobedecem protocolos sanitários e decretos estaduais, mesmo sabendo que o novo coronavírus já matou quase 3 mil maranhenses.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.