Operação na costa do MA

Graneleiro retira minério de ferro de navio encalhado no Maranhão

Segundo informações da Marinha, o navio Alfred Oldendorff realizou a retirada de 2.850 toneladas de minério de ferro do navio encalhado Stellar Banner.
Imirante.com, com informações da Marinha do Brasil30/04/2020 às 14h17
Graneleiro retira minério de ferro de navio encalhado no MaranhãoO navio Stellar Banner está encalhado na costa maranhense há quase dois meses. (Foto: Paulo Soares/O Estado)

SÃO LUÍS - O graneleiro Alfred Oldendorff realizou, nessa quarta-feira (29), a retirada de 2.850 toneladas de minério de ferro que estavam no navio Stellar Banner, que se encontra encalhado na costa maranhense há quase dois meses. A informação foi dada pela Marinha do Brasil, nesta quinta-feira (30).

O graneleiro Alfred Oldendorff, de bandeira siberiana, saiu dos Emirados Árabes Unidos, e chegou no domingo (26) ao local do acidente. O navio auxiliou nas atividades de reflutação e salvatagem do Stellar Banner.

Ainda segundo a Marinha, o material foi transferido para o Batelão Jan Blanken, meio responsável por despejar a carga de forma segura. O descarte ocorreu sob supervisão Navio-Patrulha Bocaina da Marinha do Brasil, cumprindo o Plano de Reflutuação e Salvatagem, aprovado pelo Comando do 4o Distrito Naval e fiscalizado pela Capitania dos Portos do Maranhão e pelas autoridades ambientais do Estado do Maranhão, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis e Secretaria de Estado do Meio ambiente e Recursos Naturais.

Remoção de carga de minério

No último dia 16 de abril, a Marinha do Brasil (MB) informou que foi iniciada a operação de remoção de carga de minério do porão nº 4 do navio mercante Stellar Banner.

De acordo com a Marinha, “as operações seguem as orientações da análise técnica do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Retirada de óleo

No dia 27 de março, a Marinha informou que havia sido concluída a segunda etapa da operação de retirada do óleo dos tanques do navio cargueiro Stellar Banner. Na ocasião, foram transferidos cerca de 3.900m³ de óleo combustível para os navios ALP Defender e HOS Brass Ring, que deram apoio à operação.

Área afetada

O tamanho da área afetada no casco do navio Stellar Baner, que está encalhado na costa maranhense, é de cerca de 25 metros. A informação foi dada pelo chefe de Estado-Maior do Comando do 4º Distrito Naval, Robson Neves Fernandes.

"Esse incidente aconteceu na parte da frente da embarcação, no lado direito. É uma área compreendida de, mais ou menos, 25 metros. Não é que tenha um buraco de 25 metros, a área afetada é de cerca de 25 metros", informou o representante da Marinha, ressaltando que ainda não há uma conclusão sobre as causa que levaram o Stellar Banner afundar e a quantidade de água que entrou na embarcação após encalhar.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.