Operação

Graneleiro auxiliará operação de retirada de minério de ferro de navio encalhado no Maranhão

Navio, de bandeira siberiana, deve chegar ao local do acidente, neste domingo (26).
Imirante.com, com informações da Marinha do Brasil24/04/2020 às 19h00
Graneleiro auxiliará operação de retirada de minério de ferro de navio encalhado no MaranhãoO cargueiro Stellar Banner está encalhado há quase dois meses a 100 km da costa maranhense. (Foto: Paulo Soares/O Estado)

SÃO LUÍS – O navio graneleiro Alfred Oldendorff vai auxiliar na operação de retirada da carga de minério de ferro do navio Stellar Banner, que se econtra encalhado na costa maranhense há quase dois meses. A informação foi dada pela Marinha do Brasil, nesta sexta-feira (24).

Ainda segundo a Marinha, o graneleiro Alfred Oldendorff, de bandeira siberiana, saiu dos Emirados Árabes Unidos, e chegará neste domingo (26) ao local do acidente, auxiliando nas atividades de reflutação e salvatagem do Stellar Banner.

A Marinha do Brasil informou, também, que permanecem na área prestando apoio o Navio-Patrulha “Bocaina” e a aeronave UH-15. Os órgãos e empresas envolvidas permanecem em estreita coordenação com a autoridade marítima, no intuito de solucionar o fato o mais breve possível, obedecendo normas e procedimentos de segurança, priorizando a diminuição impactos à poluição e a navegação.

Remoção de carga de minério

No último dia 16 de abril, a Marinha do Brasil (MB) informou que foi iniciada a operação de remoção de carga de minério do porão nº 4 do navio mercante Stellar Banner.

De acordo com a Marinha, “as operações seguem as orientações da análise técnica do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Retirada de óleo

No dia 27 de março, a Marinha informou que havia sido concluída a segunda etapa da operação de retirada do óleo dos tanques do navio cargueiro Stellar Banner. Na ocasião, foram transferidos cerca de 3.900m³ de óleo combustível para os navios ALP Defender e HOS Brass Ring, que deram apoio à operação.

Área afetada

O tamanho da área afetada no casco do navio Stellar Baner, que está encalhado na costa maranhense, é de cerca de 25 metros. A informação foi dada pelo chefe de Estado-Maior do Comando do 4º Distrito Naval, Robson Neves Fernandes.

"Esse incidente aconteceu na parte da frente da embarcação, no lado direito. É uma área compreendida de, mais ou menos, 25 metros. Não é que tenha um buraco de 25 metros, a área afetada é de cerca de 25 metros", informou o representante da Marinha, ressaltando que ainda não há uma conclusão sobre as causa que levaram o Stellar Banner afundar e a quantidade de água que entrou na embarcação após encalhar.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.