Antiga São Benedito

Justiça determina que empresa de ônibus mantenha 70% da frota nas ruas

Há quatro meses sem salários, desde ontem, trabalhadores da empresa Planeta (São Benedito) exigem pagamentos.
Imirante.com04/12/2019 às 08h13
Justiça determina que empresa de ônibus mantenha 70% da frota nas ruasAlguns ônibus da viação Planeta estão saindo da garagem ao longo desta manhã. (Foto: Reprodução)

SÃO LUÍS - A Justiça concedeu liminar determinando que, pelo menos, 70% da frota de ônibus da empresa Planeta (antiga São Benedito), do consórcio Upaon-Açu, circulem nesta quarta-feira (4), na capital.

Há quatro meses sem receber salários, nem tíquete-alimentação, desde ontem (3), os trabalhadores da empresa resolveram cruzar os braços. A empresa atende aos bairros Cidade Operária, Cidade Olímpica, Conjunto São Raimundo, Vila Nestor e Vila Alonso Costa.

No início da manhã desta quarta, os motoristas e cobradores mais antigos se encontravam nas proximidades da garagem da empresa com representante do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão (Sttrema). Porém, uma parte deles optou por trabalhar normalmente e, dessa forma, alguns ônibus da viação Planeta estão saindo da garagem ao longo desta manhã.

O SET (Sindicato das Empresas de Transporte de São Luís), por sua vez, publicou uma nota de repúdio ao Sttrema nessa terça. Veja:

O SET - Sindicato das Empresas de Transporte de São Luís vem repudiar a atitude arbitrária, irresponsável e ilegal do Sindicato dos Motoristas.

Mesmo com decisão do Tribunal Regional do Trabalho de garantir o transporte para a população, o Sindicato bloqueou, ilegalmente, 100% da operação da Planeta Transportes, afrontando a Medida Cautelar nº 0016494-07.2019.5.16.0000 de 02/12/2019, que definiu a frota máxima de paralisação em 30%.

O SET está tomando as providências, pleiteando com as autoridades as multas previstas em caso de descumprimento, que considera que, de fato, ocorreu. Esta atitude do Sindicato dos Motoristas afetou muitos trabalhadores, mães e pais de família, estudantes e aposentados, que necessitam do serviço essencial de transporte diariamente.

É de conhecimento público que o sistema de transporte de passageiros de São Luís vem apresentando sérios problemas financeiros, por diversos motivos, e, por conta disto, o SET está buscando os meios legais de reparação junto ao Município de São Luís, dentro dos limites legais e sem prejuízos aos cidadãos.

SET – Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.