Crime bárbaro

Professora encontrada morta na UFMA sofreu estrangulamento

O corpo de Roseane Costa foi transferido hoje para cidade de Alcântara.
Imirante.com14/05/2019 às 14h46
Professora encontrada morta na UFMA sofreu estrangulamentoRoseane Costa, de 45 anos, foi encontrada morta na UFMA. (Foto: Reprodução)

SÃO LUÍS - Na manhã dessa segunda-feira (13), Roseane Costa, de 45 anos, foi encontrada morta na Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Roseane Costa, que foi espancada e estrangulada até a morte, era professora de uma escola municipal no povoado de Itamatatiua, na cidade de Alcântara, no Maranhão.

Leia também:

Polícia identifica mulher que foi encontrada morta na UFMA

Achado cadavérico é registrado dentro do campus do Bacanga da UFMA

O crime está sendo investigado pela Casa da Mulher, e segundo a delegada Viviane Fontenelle, a vítima Roseane Costa teria sido morta dentro de um carro e jogada no local onde o corpo foi encontrado.

Também segundo a delegada, o Instituto de Criminalística (ICRIM) será solicitado para investigar o apartamento onde a professora morava para resgatar pistas. O autor do crime ainda não foi identificado.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.