Dia das Crianças

Alunos participaram de ação social no Recanto Verde, bairro Vila Itamar

O evento vai acontecer na Capela Nossa Senhora Aparecida
Imirante.com, com informações da assessoria12/10/2017 às 13h42

SÃO LUÍS - Além de muitos presentes, a tarde desta quinta-feira (12), das crianças do Recanto Verde, no bairro Vila Itamar, será animada com palhaço e alunos caracterizados para comemorar o dia dedicado aos pequenos. O evento vai acontecer na Capela Nossa Senhora Aparecida

São 65 alunos de uma escola de São Luís que irão realizar a ação social a partir de mobilização feita com toda a comunidade de uma escola de São Luís para angariar brinquedos, roupas e recursos.

A iniciativa foi pensada pelos próprios estudantes, do 9o ano do ensino fundamental à 3a série do ensino médio, após terem participado do Projeto Frassinetti, ocorrido durante três anos no Recanto Verde Vila Itamar. O projeto foi realizado de agosto ao início setembro, com ações de esporte e lazer, oficinas, atendimento em saúde e muita outras ações.

Para Daniel Silva, aluno da 3a série, a ação que será realizada nesta quinta mostra a importância de sempre agir pensando em ajudar o próximo. "Devemos cada vez mais pensar no próximo. Todo o carinho que a gente recebeu das crianças pensamos em retribuir indo lá dia 12 e entregando os brinquedos. Foi uma forma de reencontrar as crianças da comunidade já que o Projeto Frassinetti completou os três anos", destacou Daniel Silva.

A assistente social Adriana Nascimento, da coordenação do Projeto Frassinetti, afirma que, em sua essência, este trabalho sempre valorizou o ser humano para propagar valores como a partilha, amor, respeito ao próximo, solidariedade.

"É nesta perspectiva que vamos encontrar a comunidade, em uma via de mão dupla, pois tanto recebemos quanto damos algo de nós. Hoje, dia em que comemoramos os 300 anos da aparição da Nossa Senhora Aparecida, nada mais natural que eles se disponibilizem para exercerem esse amor fraterno que a Nossa Mãe Maria sempre nos ensina", conclui. Segundo a assistente social, o Projeto tem o aluno como protagonista, portanto nesse processo de formação a escola visa sensibilizá-los quanto aos valores acima citados. "Este tipo de ação é uma forma de colocar em prática a evangelização, pela brincadeira, abraço e sorrisos. A escola se sente feliz em por poder colaborar com a vida de tantas pessoas e com as crianças daquela região", revela.

Sobre o nome do projeto

O Projeto Frassinetti, ação de responsabilidade de uma escola particular de São Luís tem, como lema, "ser boa notícia" e recebeu este nome em homenagem a Paula Frassinetti, nascida em 1809 na cidade de Gênova, Itália, que, na pequena aldeia de pescadores Quinto al Mare. Frassinetti envolveu-se com a catequese das crianças e atraiu a atenção das jovens locais para uma vida dedicada ao Senhor e ao próximo, dando origem mais tarde à Congregação das Irmãs Dorotéias, presente em vários países pelo mundo, voltada à evangelização pela educação e do amor, tendo Frassinetti como mestra e fundadora.

A iniciativa ocorre durante três anos em cada comunidade, sendo que no intervalo de um ano, a escola seleciona o novo local a ser beneficiado, por meio de cartas e visitas feitas por alunos e coordenação do projeto e, também, busca arrecadações.

Em 2017, de 31 de agosto a 3 de setembro, mais de 170 voluntários, entre estudantes (112), pais, educadores, profissionais de áreas diversas, comunidade escolar realizaram atividades como assessoria jurídica, consultas médicas, odontológicas, de medicinlternativa e oferta de esporte e lazer, palestras diversas, oficinas de artesanato, de reciclagem, de brinquedos, a cerca de três mil beneficiados – crianças, jovens, adultos e idoso.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.