Maranhão

Governadora Roseana entrega Unidade de Segurança Comunitária nesta terça

Com a inauguração, a área de abrangência terá policiamento reforçado 24 horas.
Divulgação/ SSP 25/02/2013 às 14h26

SÃO LUÍS - A governadora Roseana Sarney e o secretário de Estado de Segurança Pública (USC), Aluísio Mendes, inauguram nesta terça-feira (26), às 11h, a primeira Unidade de Segurança Comunitária (USC) do Maranhão. A solenidade de inauguração acontece na sede da USC (Rua Peru, esquina com Avenida Argentina, na Divinéia), para atendimento aos bairros Divinéia, Vila Luizão e Sol e Mar.

A instalação física da primeira USC do Maranhão atenderá uma população de aproximadamente 120 mil moradores nos três bairros de abrangência. Com aporte financeiro de R$ 1.248.070,16, a unidade possui terreno com uma área total de 1.778 m², sendo 475 m² de área construída.

Com a inauguração, a área de abrangência terá policiamento reforçado 24 horas. Serão 92 homens da PMs; 12 veículos, sendo 5 modernos carros, 4 motocicletas e 2 quadriciclos; além de 10 câmeras de videomonitoramento instaladas em pontos estratégicos em toda aquela região.

A SSP também vai intensificar a presença de policiais civis naquelas localidades, com aumento do efetivo e a instalação de um plantão de 24 horas na 7ª Delegacia de Polícia Civil, no bairro do Turu.

O complexo terá, ainda, com sala de recepção, alojamentos masculinos e femininos, sala de comando, sala de reserva de armas, área de convivência, auditório com capacidade para 60 lugares, sala de inclusão digital, onde funcionará um telecentro com 15 terminais para a realização de cursos profissionalizantes aos jovens e adolescentes da região. O primeiro deles será o de Formação Inicial e Continuada em Preparo, Conservação e Congelamento de Alimentos, como parte do Projeto Mulheres Mil, e que começará já nesta semana, beneficiando 25 mulheres.

A escolha dos bairros para instalação da USC resultou de estudos feitos pela equipe de inteligência da SSP, já que os três registram número significativo de ocorrências de homicídios.

A expectativa é de redução em até 70% do índice de criminalidade na área, a partir da instalação da Unidade.

Projeto

Aluisio Mendes enfatiza que o projeto de construção das USCs no Maranhão foi uma ideia concebida logo no início de sua gestão, juntamente com o projeto de instalação do Sistema de Videomonitoramento e a realização do Concurso Público. “No caso da USC, pensamos desde o início, porque não trazer para o Maranhão um projeto nos moldes do que foi implantado no Rio de Janeiro com as Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs). E assim foi feito, sendo que hoje o nosso projeto já é modelo até para os cariocas, tendo em vista que algumas inovações implantadas aqui estão sendo incorporadas nas novas UPPs daquele estado. O que existe de mais moderno em tecnologia de Segurança Pública está inserido às USCs”, afirmou o secretário.

O projeto tem como referência o modelo das UPPs do Rio de Janeiro. No Maranhão, o projeto apresenta inovações como a implantação de 10 câmeras de videomonitoramento que cobrem o perímetro de todo o complexo policial dando ao comando de cada unidade um controle, 24 horas por dia, de toda a movimentação. As câmeras estão interligadas a um centro de comando instalado na própria Unidade e também no Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), na sede da SSP.

Durante a fase de construção do complexo, várias lideranças comunitárias daqueles bairros e moradores em geral promoveram agradecimentos ao Governo do Estado e à Secretaria de Segurança Pública pela iniciativa de implantar a USC na localidade. No último mês de dezembro, por exemplo, o Grupo de Ação e Renovação Popular (Garp) e o Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) dos três bairros, homenagearam toda a cúpula do Sistema de Segurança com placas de reconhecimento ao trabalho realizado.

Outras Unidades

Além da USC da Divinéia/Vila Luizão, o bairro Coroadinho será contemplado ainda este ano com o projeto. A intenção da SSP é estender a iniciativa para outros bairros de São Luís bem como para o interior do estado.

Estão previstas a construção de mais 6 unidades na capital. Além do Coroadinho, bairros como o Anjo da Guarda, Cidade Olímpica, Cidade Operária, João de Deus, Liberdade, São Raimundo já possuem o projeto arquitetônico concluído.

No interior, cidades como Codó, Peritoró, Coroatá, Santa Inês, Imperatriz e São José de Ribamar também estão na lista. A meta da SSP é que até 2014 existam em todo o Maranhão 24 USCs, sendo 18 na capital e 6 no interior.

Para ler mais notícias do Imirante, clique em imirante.com. Também siga o Imirante no Twitter e curta nossa página no Facebook.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.