Justiça

Justiça determina júri popular contra acusados de matar crianças

Elas foram mortas ano passado em tiroteio em praça da cidade de Santa Inês.
Imirante.com04/04/2019 às 15h29
Justiça determina júri popular contra acusados de matar crianças Danilo Cutrim Lima é apontado como o autor dos disparos que matou dois meninos em Santa Inês. (Foto: Reprodução)

SANTA INÊS - Após várias audiências, a Justiça determinou o júri popular para os envolvidos no assassinato de duas crianças ocorrido na Praça Cantor Evaldo Cardoso, na Vila Adelaide Cabral, situada na periferia do município de Santa Inês, a 250 km de São Luís.

Segundo a juíza da 4ª Vara Criminal, Denise Pedrosa, os advogados dos réus ainda podem recorrer para evitar que os clientes sejam levados a júri popular. Entre os envolvidos está Leandro Santos Rodrigues, que é acusado de ser o mandante de uma tentativa de assassinato, e Danillo Cutrim Lima acusado de ter disparado os tiros que resultaram na morte de Gabriel Rodrigues Barros, de 8 anos e o Dioniel Rodrigues Ribeiro, 7.

O alvo desses tiros era um suspeito de ter assaltado a casa da avó de Leandro Santos, que acabou escapando durante o tiroteio que ocorreu na praça Cantor Evaldo Cardoso, no dia 22 de outubro de 2018. Ainda não há uma data marcada para o julgamento, já que o processo pode demorar caso os advogados recorram ao impedimento de júri popular. Caso não tenha esses recursos, o julgamento pode ocorrer ainda em 2019.

Relembre o caso:

Crianças são mortas a tiros em praça de Santa Inês

Autor de tiros que mataram crianças em Santa Inês está foragido

Preso suspeito de ser o atirador na morte de duas crianças em Santa Inês

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.